Atenção à depilação

Quem depila ou raspa os pelos pubianos tem mais chances de contrair doenças sexualmente transmissíveis

Máxima Digital

Atenção à depilação | <i>Crédito: Shutterstock
Atenção à depilação | Crédito: Shutterstock
Uma pesquisa feita nos Estados Unidos concluiu que quem depila ou raspa os pelos pubianos tem mais chances de contrair doenças sexualmente transmissíveis, como herpes, sífilis e clamídia. 

Uma das hipóteses que explicam a relação entre os eventos são os cortes minúsculos provocados na pele durante os procedimentos, que facilitam a entrada de vírus e bactérias. Tem mais: os médicos relacionam o fato de se depilar com a prática de comportamentos sexuais arriscados, como não usar preservativo.

03/02/2017 - 12:42

Conecte-se

Revista Máxima