Dicas para não errar no blush

Cores, texturas e formas de aplicação devem ser levadas em consideração na maquiagem. Veja os conselhos de uma maquiadora

Diane Neubüser

Textura, cor e forma de aplicação devem ser levados em consideração para conquistar um look natural | <i>Crédito: Foto Shutterstock
Textura, cor e forma de aplicação devem ser levados em consideração para conquistar um look natural | Crédito: Foto Shutterstock
Texturas de blushes:

Líquido: Funciona em todos os tipos de pele, pois não adiciona nenhuma textura, somente cor. O resultado é mais natural, pois o produto funde-se bem com a pele. É ótimo para climas quentes ou situações em que a maquiagem tem que durar muito. "Funciona até mesmo na piscina e na praia. A aplicação pode ser feita com a ponta dos dedos ou com a ajuda de um pincel de base" explica a maquiadora Mariana Ishizaka, da Benefit Cosmétics

Cremoso: Funciona melhor em peles normais a secas, pois a textura cremosa adere bem à pele mais desidratada, dando um acabamento mais bonito e natural do que um blush em pó, que pode ficar pesado. É muito prático para o dia-a-dia, pois a aplicação é rápida - com os dedos ou pincel. 

Pó: Funciona em todos os tipos de pele, exceto nas muito secas. "É a textura mais popular, principalmente no Brasil, em que o pó é sempre um bom amigo do clima úmido. O resultado depende muito do tom escolhido e precisamos de um pincel para a aplicação. É a textura que tem mais opções de cores e acabamentos (mate, cintilante, acetinado, etc) ", finaliza Mariana. 

Cores de blushes:
"A cor ideal varia muito de pessoa para pessoa, então o ideal é escolher uma textura e depois experimentar as cores", esclarece a maquiadora. Mas, de uma maneira geral, funciona da seguinte maneira:

Peles claras: os tons rosados mais frios e suaves combinam muito bem com as branquinhas. 

Peles morenas: os tons mais quentes, como coral, rosa, dourado, ficam lindos nesse tom de pele. 

Peles negras: os tons terrosos quentes ficam lindos. Melhor ainda se tiverem cintilância! 


Blush + sobrancelha
De acordo com a Mariana Ishizaka, dependendo do blush e intensidade da cor das bochechas, a maquiagem pede uma sobrancelha diferente.

Bochechas saudáveis: blush líquido vermelhinho no alto das maçãs, para tingir naturalmente as bochechas pedem sobrancelhas bem naturais, que não pareçam maquiadas. "Sugiro desenhar traços imitando pelos com um lápis ultrafino e fazer reflexos claros ordenando os pelos com um iluminador".

Bochechas coradas: blush rosa dourado em toda a maçã pede sobrancelhas um pouco mais definidas. "Sugiro preencher naturalmente com um lápis e adicionar volume aos pelos com gel volumizador".

Bochechas marcadas: Contorno ou tons bronze pedem sobrancelhas dramáticas.

21/05/2017 - 11:01

Conecte-se

Revista Máxima