Ivete Sangalo reclama das manchas que surgiram na gravidez

Situação é comum na gestação, mas não é exclusividade de quem está esperando bebê

Raquel Maldonado

Proteger as manchas do sol é regra de ouro para o quadro não piorar | <i>Crédito: Reprodução/Instagram
Proteger as manchas do sol é regra de ouro para o quadro não piorar | Crédito: Reprodução/Instagram

A cantora Ivete Sangalo usou suas redes sociais para contar que algumas manchas escuras apareceram em seu rosto agora durante a gravidez. “Esse aplicativo tira todas as minhas manchas de progesterona. Estou procurando um aplicativo que tire minhas manchas [de verdade], mas não existe essa possibilidade”, disse a rainha do Carnaval em vídeo postado no Instagram. Ivete passou pela mesma coisa quando estava grávida de Marcelo, seu primeiro filho. Em entrevista a Preta Gil, no programa Superbonita, do canal GNT, Ivete disse que as manchas daquela época nunca sumiram.

O problema a que Ivete faz referência tem nome: melasma. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), não há uma causa definida para o surgimento das manchas, mas muitas vezes a condição está relacionada ao uso de anticoncepcionais, aos hormônios da gravidez e, principalmente, à exposição solar. A predisposição genética também influencia. Portanto, apesar de o termo estar associado a gestantes, esse tipo de situação pode afetar qualquer pessoa, inclusive homens. 

As marcas surgem normalmente na face, principalmente nas maçãs do rosto, testa, nariz e buço, mas podem aparecer também nos braços, pescoço e colo. Além de cremes clareadores, peelings e lasers podem ser indicados para tratar o problema. Como no caso de Ivete, apesar do empenho, nem sempre as manchas desaparecem. De qualquer forma, a regra de ouro para que elas não piorem é proteger as áreas afetadas com bastante filtro solar, boné, óculos escuros e camiseta, mesmo que o dia esteja nublado ou chuvoso.

10/01/2018 - 14:17

Conecte-se

Revista Máxima