Saiba como evitar a caspa no inverno

Pouca gente sabe, mas o frio tende a agravar o problema. É necessário tomar alguns cuidados

Gabriella Gouveia

Cuidado com a temperatura do chuveiro. Banhos quentes ajudam a aumentar a oleosidade do couro cabeludo. | <i>Crédito: iStock
Cuidado com a temperatura do chuveiro. Banhos quentes ajudam a aumentar a oleosidade do couro cabeludo. | Crédito: iStock

Tendo início no próximo dia 21, o inverno vem com tudo este ano, trazendo as chamadas “doenças da estação”. Todavia, não são só as gripes e resfriados que acometem as pessoas nessa época. Com a diminuição da temperatura e da umidade, a caspa também tende a incomodar mais.

Segundo Caio Cabral, da Barbearia Dom Cabral, a ocorrência da caspa aumenta devido à mudança de hábitos comum nesta estação. “Com o frio, começamos a tomar banhos mais quentes, o que estimula a produção de óleo pelo couro cabeludo”, explica. Segundo ele, a maior utilização de gorros e chapéus também é uma possível causa, uma vez que a proliferação de fungos e bactérias é estimulada pelo ambiente abafado.

Considerada um estágio leve de dermatite seborreica, a caspa surge do excesso de produção de secreção  pelas glândulas do couro cabeludo, o que é considerado normal durante o período de inverno. Por outro lado, de acordo com Caio Cabral, a caspa pode ser facilmente evitada, a partir de cuidados básicos. Confira as dicas:

1-    Não esqueça de lavar a cabeça!

Para combater a caspa, nada melhor do que uma boa higiene. Lavar bem o cabelo e o couro cabeludo, além de diminuir a oleosidade também ajuda a combater fungos e bactérias causadoras da caspa.

2-    Capriche na hora de enxaguar

Outra coisa que ajuda a aumentar a oleosidade no couro cabeludo são os resíduos dos cosméticos utilizados na lavagem. Então, depois de lavar o cabelo, enxague bem, até não sobrar nada do shampoo ou do condicionador.

3-    Cuidado com a temperatura do chuveiro

Apesar de ser bastante tentador, durante o inverno é bom evitar tomar banhos muito quentes, já que eles estimulam a produção das glândulas sebaceas.

4-    Pegue leve no condicionador e nos cremes

O condicionador, além de hidratar, adiciona um tanto de oleosidade aos cabelos. Por isso, exagerar no produto pode ser ruim para quem luta contra a caspa. Use somente uma vez por lavagem e lembre-se da dica número 2.

5-    Shampoos anticaspa

A descamação do couro cabeludo também pode ser tratada com a aplicação de produtos específicos. Os shampoos anticaspa são uma boa opção, mas tome cuidado: alguns, mais fortes, devem ser utilizados em uma frequência específica.

 

09/06/2017 - 13:00

Conecte-se

Revista Máxima