Tratamentos poderosos contra gordura e celulite

Recorrer aos tratamentos estéticos é uma saída para eliminar gordura localizada e amenizar celulite em tempo recorde para o verão. Conheça o que há de mais moderno nas clínicas especializadas

por Diane Neubüser

Tratamentos poderosos contra gordura e celulite | <i>Crédito: Shutterstock
Tratamentos poderosos contra gordura e celulite | Crédito: Shutterstock

Combinar dois ou mais tratamentos em protocolos intensivos é a maior tendência do mercado estético. O método, difundido no mundo inteiro, foi destaque na recente edição do IMCAS - Aesthetic Surgery & Cosmetic Dermatology, principal congresso internacional de estética que aconteceu no início deste ano em Paris (França). Saiba quais são os combos que já podem ser encontrados no Brasil.

Lipo sem corte

Eliminar uma quantidade massiva de gordura e de medidas sem nenhuma intervenção cirúrgica era uma utopia até pouquíssimo tempo. A primeira tecnologia não invasiva da categoria chegou com o advento da criolipólise. Agora, a famosa máquina de congelamento do tecido adiposo foi aliada a um aparelho que emite ondas de choque. Juntos, eles são capazes de enxugar 40% da gordura localizada na área tratada. Aqui, não é preciso se preocupar com dor ou um grande desconforto. O congelamento, feito com temperaturas entre -5 e -10 graus, amortece a pele a ponto de não sentirmos nada. Os choques, por sua vez, se resumem a leves tremidinhas e formigamentos. “A vibração gerada pela eletricidade age sobre as estruturas mais rígidas da zona subcutânea e estimula a lipólise (degradação de células de gordura), diminuindo a espessura da camada lipídica ou, em outras palavras, reduzindo medidas”, explica a fisioterapeuta dermato-funcional Aline Olivetto, coordenadora do Centro de Pesquisa e Treinamento Siluets (SP). Uma vez danificadas pelo resfriamento e degradadas, o organismo elimina essas células naturalmente (pelas fezes, urina, suor e vias linfáticas). Cada sessão do tratamento dura 75 minutos e, na rede Siluets Estética, custa R$ 800 por região (parte inferior do abdômen ou flancos ou parte interna da coxa ou braços, por exemplo). Apesar de já ser possível sentir o efeito na primeira semana após a aplicação, a eliminação gradual da gordura continua por cerca de três meses, com variações conforme o metabolismo de cada pessoa. O resultado é empolgante, porém nada de exagerar: só é indicado realizar o protocolo três vezes por ano e com um intervalo mínimo de 60 dias entre as sessões. Esse é o tempo necessário para que a saída de gordura ocorra de forma saudável, sem que o corpo sinta um choque e tente conter o processo. Nesse meio tempo você pode aliar outros procedimentos estéticos ao tratamento, como ultrassom e endermologia — ambos indicados para a redução de gordura localizada de forma progressiva.

Adeus, celulite!

É difícil escapar: os indesejáveis furinhos atingem cerca de 95% das mulheres. “Temos uma tendência hormonal (graças ao estrógeno, hormônio feminino) a desenvolver essas pequenas inflamações nas células de gordura, independentemente da idade e da forma física — ainda que, claro, quanto mais acima do peso estivermos mais aparentes elas ficam”, explica a dermatologista Luciana Lourenço (SP). Sorte a nossa termos tecnologias estéticas cada vez mais aprimoradas a favor da beleza. Dentre elas, destaque para a associação de lipocavitação e radiofrequência. Separados, esses equipamentos já são conhecidos no mercado: seus bocais, quando posicionados sobre a pele com a ajuda de um gel condutor, emitem ondas indolores que gradativamente desmancham aquela gordurinha que não some nem com dieta — e onde a celulite se instala. Quando associadas, as técnicas se revelam ainda mais poderosas, pois promovem uma drenagem local para eliminar a retenção de líquidos e estimulam a produção de colágeno para devolver a firmeza da pele. De quebra, o tratamento extermina alguns centímetros de circunferência — já que atuam diretamente no tecido adiposo. Cada sessão dura cerca de 45 minutos e, para um resultado satisfatório, são recomendadas pelo menos seis visitas à clínica. Na Siluets, o pacote com as seis sessões iniciais custa R$ 1188. “Mas, para evitar frustações, vale lembrar que não há uma cura definitiva para a celulite. Por isso, o ideal é manter um cronograma de manutenção de acordo com a indicação da esteticista”, completa Aline.

08/11/2017 - 13:21

Conecte-se

Revista Máxima