A gratidão deixa você mais feliz e saudável. Comece a praticar!

Não somos nós que estamos dizendo: as pesquisas é que comprovam esses efeitos benéficos. Se ser grata não é um hábito ainda, veja como exercitá-lo...

Máxima Digital

Ser grata torna a vida mais feliz e melhora até a saúde | <i>Crédito: Shutterstock
Ser grata torna a vida mais feliz e melhora até a saúde | Crédito: Shutterstock

- Se para você a tarefa de expressar a sua gratidão todos os dias parece árdua e distante, experimente fracioná-la, como fazem os terapeutas reikianos. "Um dos ensinamentos é: só por hoje, seja grato. "Ser grata a vida toda parece mesmo difícil, mas até o final do dia todo mundo sente que consegue", sugere a terapeuta holística Simone Kobayashi (SP).

- Para dar mais atenção ao ato de agradecer, faça esta modificação simples, como ensina Simone: "Comigo funcionou muito trocar a palavra que uso. Não digo mais `obrigada´, até porque se alguém me fez algo digno de agradecimento, foi de livre e espontânea vontade. Falo `sou muito grata´. Para fazer essa substituição, tenho que pensar na situação, avaliar como me afetou positivamente, e evito agradecer só por educação".

- Experimente manter um diário de gratidão, registrando nele coisas boas que aconteceram com você. O hábito favorece enxergar as dádivas que passam despercebidas.

- Agradeça por oferecer algo (pode ser mentalmente). Sim, você pode ser grata a quem aceitou o seu carinho ou a sua ajuda e permitiu que você se alegrasse por poder exercitar atitudes como atenção e generosidade.

- Melhore e torne gratificante todas as relações pessoais e profissionais. Pergunte-se a si mesma: "o que eu recebi hoje de pessoas com quem convivo?"; "o que eu dei?"; "causei alguma dificuldade a alguém?".

- Declare-se ou escreva bilhetes. Basta uma frase para valorizar os pequenos e grandes favores ou gentilezas que recebemos. Ela será mais uma bênção compartilhada.

02/05/2017 - 13:00

Conecte-se

Revista Máxima