Entregar a declaração do IR antes ou deixar para o final do prazo?

Essa dúvida sempre surge nessa época do ano. Antes de respondê-la, é preciso conhecer as variáveis envolvidas

Máxima Digital

A escolha da data de declaração deve ser escolhida de acordo com a situação do contribuinte | <i>Crédito: Shutterstock
A escolha da data de declaração deve ser escolhida de acordo com a situação do contribuinte | Crédito: Shutterstock

A fama do brasileiro de deixar essa pendência para a última hora já é bem conhecida. E pode ser perigosa. Mas é bom ressaltar que, nesse caso, ser um dos primeiros a fazer a entrega não é necessariamente a melhor opção.

Segundo Richard Domingos, diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil (SP), o ideal é preparar a declaração com bastante antecedência. “Caso contrário, podem surgir problemas, como falta de documentos ou de tempo para a análise de opções”, destaca. A melhor data para entrega, no entanto, dependerá de cada caso. “Devem ser consideradas variáveis, como a situação financeira do contribuinte, se vai haver restituição ou se terá que pagar impostos ao governo, dentre outras questões”, explica.

Na dúvida, o melhor é sempre contar com o suporte de um especialista na área. Mas para ajudá-la, Richard lista abaixo algumas vantagens de cada opção. Avalie com cautela:

Pontos positivos de entregar com antecedência
-
Contribuintes que possuem imposto a restituir e estão necessitando de recursos financeiros receberão logo nos primeiros lotes
- Se livrar do compromisso e do risco de perda do prazo
- Ter mais tempo para realizar ajustes na declaração e para buscar documentos perdidos ou extraviados
- Tranquilidade para a conferência da declaração para entrega dos documentos sem omissões ou erros

Quando vale entregar nos últimos dias
- Contribuintes que possuem imposto a restituir e não estão necessitando de recursos financeiros, poderão restituir nos últimos lotes gerando uma correção monetária muito maior que a maioria das aplicações financeiras pagariam (juros selic). E o melhor: sem incidência de imposto de renda sobre o rendimento obtido
- Quem tem que pagar novos valores de impostos pode se beneficiar desse período extra. Assim, terá como planejar o caixa para esse pagamento, pois postergará o prazo

07/03/2018 - 11:00

Conecte-se

Revista Máxima