Comer sozinha pode ser prejudicial à saúde

A conclusão é de um estudo científico recente e tem a ver com as escolhas que fazemos quando não temos companhia

Patrícia Affonso

Segundo o estudo, quando estamos sozinhas, nós ficamos mais propensas a fazer escolhas alimentares ruins | <i>Crédito: Shutterstock
Segundo o estudo, quando estamos sozinhas, nós ficamos mais propensas a fazer escolhas alimentares ruins | Crédito: Shutterstock

Um alerta para quem costuma fazer as refeições sozinha: uma pesquisa sul-coreana mostrou que o hábito faz mal para a saúde e aumenta os riscos de obesidade e outras doenças. 

O estudo analisou os hábitos de 7.725 adultos e comparou seus estados de saúde e a frequência com a qual eles comiam sozinhos. Como resultado, os pesquisadores perceberam que homens que faziam refeições sem companhia tinham um risco aumentado de 45% de sofrer de obesidade e 64% de desenvolver uma síndrome metabólica. Entre as mulheres, os riscos de obesidade eram semelhantes, enquanto as chances de síndrome metabólica eram elevadas a 29% quando elas comiam sozinhas duas ou mais vezes por dia.

Os especialistas acreditam que pessoas mais isoladas socialmente tem tendência a optar por junk food no lugar de frutas, verduras e legumes, essenciais para a manutenção da saúde.

15/11/2017 - 10:00

Conecte-se

Revista Máxima