Barbie ganha linha que homenageia mulheres inspiradoras

O lançamento que ocorre amanhã, no Dia Internacional da Mulher, celebra 17 ícones femininos que fizeram a diferença ao redor do mundo

Máxima Digital

Apesar de contar com 17 nomes, apenas a versão da artista Frida Kahlo poderá ser adquirida por aqui | <i>Crédito: Reprodução Instagram
Apesar de contar com 17 nomes, apenas a versão da artista Frida Kahlo poderá ser adquirida por aqui | Crédito: Reprodução Instagram

Mostrar exemplos de mulheres incríveis e empoderar ainda mais as meninas: esse é o objetivo da nova linha de bonecas da Matell, intitulada Barbie Mulheres Inspiradoras.

Entre as figuras escolhidas para ser eternizadas estão a artista Frida Kahlo, a aviadora Amelia Earhart (uma das mulheres mais importantes da história da aviação) e a cientista negra Katherine Johnson.

A Barbie Frida será vendida no Brasil a partir amanhã e custará R$ 249,99. As outras duas, à venda nos Estados Unidos, ainda não tem previsão para chegar às lojas brasileiras.

Outras 14 mulheres também ganharam sua versão na linha que faz parte o programa “Barbie Shero” - uma mistura das palavras “ela” e “herói”, em inglês. Essas, no entanto, não terão suas bonecas colocadas à venda. Conheça essa homenageadas a seguir:

-  Patty Jenkins, cineasta, EUA – Escritora e diretora que se tornou a primeira mulher a dirigir um filme com um orçamento de mais de US $ 100 milhões (Mulher Maravilha).

Chloe Kim, campeã e atleta de snowboard, EUA –  Mulher mais jovem a ganhar uma medalha olímpica no Women’s Snowboard Halfpipe durante as Olimpíadas de Inverno de 2018.

Bindi Irwin, conservacionista, Austrália – Celebridade internacional que herdou a paixão de seu pai — o Caçador de Crocodilos — pela vida selvagem e se dedica a inspirar a próxima geração a fazer a diferença no mundo.

Nicola Adams, boxeadora, Reino Unido – Duas vezes medalhista de ouro, Nicola é a única boxeadora feminina na história do esporte a ganhar títulos olímpicos mundiais e europeus.

Çağla Kubat, atleta de Windsurf, Turquia – Campeã de windsurfe e membro do time de vela e de windsurf do Fenerbahçe, fundou sua própria escola de windsurf para jovens surfistas.

Hélène Darroze, chef de cozinha renomada, França –  Quarta geração como cozinheira francesa com três restaurantes e duas estrelas Michelin.

Hui Ruoqi, campeã de volleyball, China – Décima quinta capitã da equipe feminina chinesa de vôlei que também ganhou ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Leyla Piedayesh, designer e empreendedora, Alemanhã – Imigrante iraniana e fundadora da famosa marca de roupas Lala Berlin, que incorpora elementos urbanos e elegantes em malha de alta qualidade.

- Lorena Ochoa, jogadora profissional de Golf, México – Atleta, mãe, empresária e incentivadora do Golf no México.

Martyna Wojciechowska, jornalista, Polônia –  Apresentadora de TV, editora de revista, autora, diretora e a segunda polonesa a conquistar o Seven Summits.

Sara Gama, jogadora de futebol, Itália – Capitã do time italiano de futebol, membro do Conselho Federal e presidente da Comissão para o desenvolvimento do futebol feminino.

Xiaotong Guan, atriz e filantropa, China – Conhecida como filha da nação da China, é embaixadora do “Dia Mundial da Vida”, uma campanha conjunta do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Fundo Internacional para o bem-estar dos animais e conservação da natureza.

Yuan Yuan Tan, primeira bailarina, China – Bailarina e dançarina principal no Ballet de São Francisco. É também a principal dançarina convidada no Ballet de Hong Kong.

Vicky Martin Berrocal, emprendedora e designer de moda, Espanha – Responsável pela direção criativa da empresa Victoria, com coleções que incluem fantasias festivas, vestidos de flamenco, bolsas e jóias.

07/03/2018 - 11:07

Conecte-se

Revista Máxima