Treine seu cão em casa

Bastam 30 minutos de dedicação diária para deixar o seu pet bem adestrado

Diane Neubüser

Com 30 minutos de dedicação diária é possível adestrar o seu cão em casa | <i>Crédito: Foto Shutterstock
Com 30 minutos de dedicação diária é possível adestrar o seu cão em casa | Crédito: Foto Shutterstock
Antes de iniciar o adestramento do seu pet, é recomendado que ele passe por um profissional para analisar o seu perfil de comportamento e entender as necessidade de treino. Entretanto, existe uma série de exercícios que você pode fazer em casa paralelamente. Veja as dicas do Cleber Santos, adestrador e especialista em comportamento animal da Comport Pet:

Liderança: Ande sempre à frente do cachorro e seja sempre o primeiro a entrar em casa ou passar por portas e portões. Se ele pedir algo (como comida, petisco, passeio), peça que execute algum comando antes. Dessa forma, ficará claro para o pet que é você quem está no comando.

Reforço positivo: O adestramento inteligente envolve a técnica do reforço positivo, muita repetição e nenhuma violência física. “Através da repetição dos exercícios e do reforço positivo oferecido toda vez que o seu cachorro fizer corretamente algo que se espera dele, ele pode aprender muito mais rápido do que se imagina. Para o reforço, você pode utilizar brinquedos, petiscos, ou até mesmo um carinho no pet, a cada vez que ele obedecer um comando ou mudar um comportamento que era inadequado”, comenta o especialista.

Recompensa: Deve ser oferecida imediatamente, caso contrário, o cachorro não irá associá-la à resposta correta a um comando. Por exemplo, se você pediu para o seu cão se sentar e ele o atendeu, a recompensa deve ser oferecida logo em seguida. “Nunca ofereça a recompensa antes do pet completar o comando, é bom evitar inclusive que ele veja a recompensa enquanto não responder adequadamente ao comando”, esclarece Cleber.

Comandos: Utilize sempre comandos curtos, como “senta”, “deita” ou “fica”. “Comandos curtos funcionam melhor, pois são mais fáceis do cachorro memorizar e associar com a ação correspondente”, explica Cleber.

Integre o adestramento na rotina: É fundamental integrar os comandos no dia a dia com o seu cão e exercitá-los ao longo do dia. “Por exemplo, sempre que você for fazer um carinho, peça para ele sentar, deitar, dar a pata. Se você dedicar 30 minutos diários para treinar o adestramento, seu cão aprenderá a obedecê-lo e você logo notará a diferença”.

19/05/2017 - 11:00

Conecte-se

Revista Máxima