4 dicas para o sucesso da mamografia

A médica radiologista Vivian Schivartche, do CDB Premium (SP), especialista no diagnóstico de câncer de mama, ensina...

Andréa Soares

Tome bastante água no dia anterior à mamografia e consuma menos sal e sódio para evitar que as mamas fiquem sensíveis à dor | <i>Crédito: Shutterstock
Tome bastante água no dia anterior à mamografia e consuma menos sal e sódio para evitar que as mamas fiquem sensíveis à dor | Crédito: Shutterstock

1.     Observe a reação do seu corpo durante o ciclo menstrual e evite agendar a mamografia naqueles dias em que as mamas estão mais sensíveis e doloridas. Não faça o exame durante o período que engloba a TPM (cerca de sete dias antes da menstruação), durante o sangramento e até 5 dias após a menstruação. Algumas mulheres também ficam com as mamas sensíveis durante a ovulação.

2.     Se puder escolher, dê preferência às clínicas que investem em novas tecnologias, já que os novos mamógrafos tornam o exame mais rápido e menos incômodo às pacientes. Outro ponto importante é a clínica contar com um radiologista especializado em imagem da mama para orientar a realização do exame.

3.     Durante o exame, procure seguir a orientação do profissional que está no comando, evitando movimentos que possam comprometer o resultado final. Tenha em mente de que se trata de um exame rápido, realizado somente uma vez ao ano, e que pode salvar a sua vida.

4.     Se for chamada para uma repetição, não tenha medo e procure agendar o quanto antes. Na hora do exame, tente relaxar, permitindo a compressão necessária para a melhor imagem possível. Oito em cada dez nódulos encontrados não têm nada a ver com câncer.

11/10/2017 - 16:00

Conecte-se

Revista Máxima