Conheça poções caseiras contra dor de dente, candidíase, tosse...

Nem sempre é necessário recorrer à farmácia para solucionar probleminhas de saúde corriqueiros. A ajuda pode vir de forma simples e natural!

por Patrícia Affonso

Farmácia natural | <i>Crédito: Shutterstock
Farmácia natural | Crédito: Shutterstock
QUEIMAÇÃO NO ESTÔMAGO
Bateu aquela sensação de incêndio após as refeições? Há dois caminhos com efeitos muito satisfatórios. Você pode beber, ao longo do dia, chá morno de erva-doce com espinheira-santa ou ingerir uma colher (sopa) de azeite de alecrim. “Essas plantas protegem a mucosa gástrica, pois são anti-inflamatórias e inibem a liberação excessiva de sucos gástricos, que são os responsáveis por esse desconforto”, explica a nutricionista e fitoterapeuta Vanderli Marchiori (SP). 

CORTES OU ARRANHÕES
Cuide bem desses machucados pingando sobre eles algumas gotas de óleo essencial de lavanda, logo após higienizá-los com água e sabão. O produtinho é considerado um analgésico superficial e também possui ação sedativa e antisséptica. 

PEITO CARREGADO
As variações de temperatura, muitas vezes, resultam nesse sintoma nada agradável. Para dar um fi m nele, pique alguns talos de aipo em pedacinhos e acrescente 200 ml de água fervente. Tampe e deixe descansar por cinco minutos. Então coe e beba. O vegetal possui luteolina, uma substância que tem uma poderosa ação expectorante. 

CANDIDÍASE
Coceira e vermelhidão na genitália são incômodos certeiros quando o assunto é a infecção pelo fungo Candida albicans. Para combatê-los, você pode recorrer ao óleo essencial tea tree, um potente antifúngico. “A dica número um é pingar uma gotinha dele num absorvente fi ninho (aqueles protetores diários) ou mesmo num absorvente interno, diariamente, até notar melhora. Além disso, recomendo o banho de assento preparado com 1 litro de água e sete a dez gotas do óleo essencial, uma vez por semana”, ensina a aromaterapeuta Samia Maluf (SP). 

RESSACA
Exagerou um pouco naquela festa e está com um gosto amargo na boca, além de uma dor de cabeça daquelas? Vá de chá de boldo, que protege o fígado e tem ação desintoxicante. Para prepará-lo, coloque cinco folhas da erva numa xícara (chá) e complete com água fervente. Aguarde alguns minutos, coe e beba a infusão. 

TOSSE SECA
Parece bobagem, mas nesse caso o antídoto pode surgir na simples forma de uma balinha de hortelã. É que ela estimula as glândulas salivares, ajudando a umedecer a garganta e brecar as crises mais agudas. Outra sugestão, bem conhecida pela sabedoria popular, é a boa e velha colherada de mel. O ingrediente tem ação protetora sobre as mucosas da garganta e também combate a irritação local, que causa uma espécie de coceira e leva você a tossir sem parar. 

ENXAQUECA
Quem sofre desse mal sabe o quanto ele pode ser incapacitante. Usar esta receitinha, logo nos primeiros sinais da crise, ajuda a contorná-la. Misture uma colher (sopa) de gengibre em pó em 200 ml de água de coco. Beba em seguida. “Alguns ativos presentes no gengibre inibem a ação de enzimas que são relacionadas à dor e à inflamação causadoras da enxaqueca. A água de coco, por sua vez, hidrata e repõe os sais minerais, favorecendo o bem-estar”, orienta Vanderli. 

PICADA DE INSETO
Anote aí a receitinha para o alívio rápido da dor e da coceira: misture uma colher (chá) de vinagre de maçã em três colheres (chá) de água e aplique sobre o local afetado. Por que funciona? Para começar, a acidez do ingrediente controla a coceira. Além disso, o vinagre também possui propriedades antissépticas, que impedem a ferida de infeccionar. 

AFTAS
Não tem jeito: quando essas inquilinas surgem, é preciso uma dose de paciência, porque levam um tempo até cicatrizar. “Para acelerar o processo, aplique chá de erva-cidreira sobre as feridinhas, com algodão. A bebida irá acalmar a área e ainda tem efeito antiviral”, explica Vanderli. Para quem tem o problema de forma recorrente, ela dá outra dica. “Bochechos de chá de canela ou de chá-verde protegem a mucosa da boca e previnem a formação das aftas”, diz a expert. 

PELE IRRITADA
Quem fica com aquela vermelhidão no rosto, que pode vir acompanhada de coceira ou sensação de queimação, pode se beneficiar de uma simples pastinha de aveia. “O ingrediente contém vitamina E, que tem ação antioxidante e ajuda a ocluir um pouco os poros. A aveia também age como anti-inflamatório”, esclarece a esteticista Roseli Siqueira (SP). Prepare assim: misture uma colher (sopa) de aveia e um pouco de água, até formar uma espécie de papa. Aplique na pele, deixe agir por 15 minutos e lave com água em abundância. “Indico repetir o procedimento uma vez por semana ou a cada dez dias”, completa Roseli. SOLUÇO Nessa situação, experimente engolir uma colher (chá) de açúcar. Os especialistas ainda não sabem explicar muito bem por que essa tática funciona, mas parece que ela envia estímulos para o cérebro que ajudam a relaxar o diafragma e evitar as contrações involuntárias que provocam os incômodos soluços. 

DOR DE DENTE
É importante visitar o dentista para identificar e resolver a origem da dor. “Mas, até lá, dilua apenas uma gotinha de óleo essencial de cravo num pedaço de algodão ou numa haste flexível e posicione-a sobre o local afetado”, ensina Samia. O composto natural tem propriedades analgésicas e antibacterianas. 

GARGANTA INFLAMADA
Faça um gargarejo com um copo de água morna e uma colher (chá) de sal. “A mistura ajuda a limpar o muco ou as secreções da garganta. Além disso, tem um efeito bactericida sutil, já que desidrata algumas bactérias e diminui a sua concentração. Isso também pode proporcionar algum alívio”, diz Luiz Fernando Carvalho, diretor médico da clínica Doktor’s (SP). Outra dica: enrolar um pano embebido em álcool e um pouco de água no pescoço gera calor e ajuda a combater a inflamação, e proporciona uma gostosa sensação de bem-estar.

28/08/2017 - 12:50

Conecte-se

Revista Máxima