O fim da briga pelo ar condicionado

Veja qual é a temperatura ideal para aliviar o calor sem prejudicar a saúde

Máxima Digital

A Anvisa recomenda que o ambiente fique entre 23ºC e 26ºC graus o ano inteiro | <i>Crédito: iStock
A Anvisa recomenda que o ambiente fique entre 23ºC e 26ºC graus o ano inteiro | Crédito: iStock

Você já reparou que em toda empresa tem aqueles funcionários que brigam pelo controle do ar condicionado? É a eterna guerra entre os calorentos e os friorentos! O dilema é como chegar a um consenso. Um bom jeito de resolver o problema é seguir a orientação da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). Segundo o órgão, a temperatura ideal em ambientes fechados é entre 23°C e 26°C, valendo para qualquer época do ano. Segundo o otorrinolaringologista Ricardo Landini Lutaif Dolci (SP), com o ar numa temperatura agradável evitamos variações drásticas de temperatura entre a rua e dentro de casa ou do escritório. “O choque térmico pode piorar quadros alérgicos”, diz o médico. Confira a seguir outras informações importantes sobre o queridinho da estação:

É verdade que o ar condicionado faz mal?
Ele em si não prejudica a saúde. O problema é o mau uso, ou seja, quando utilizamos um aparelho sem a manutenção adequada. Nesse caso, ele pode armazenar bactérias, fungos e, principalmente, partículas de poluentes que causam uma piora do ar local. O resultado disso é a irritação das vias áreas e, consequentemente, um aumento de infecções respiratórias de quem está no ambiente. Pode ocorrer também o que chamamos de síndrome do edifício doente, que é quando as infecções são propagadas entre colegas de trabalho por causa do ar contaminado. Além de fazer a manutenção correta, recomenda-se colocar umidificadores de ar no ambiente em que o aparelho está instalado. As pessoas que frequentam o local também devem beber bastante água para evitar o ressecamento das vias respiratórias.

Como deve ser feita a manutenção do aparelho?
A manutenção do filtro do aparelho é extremamente importante e deve ser realizada com frequência, conforme a utilização, tamanho do ambiente e, principalmente, a quantidade de poluentes da região. Ou seja, se o ar é utilizado todos os dias e o edifício está numa avenida muito movimentada, o aparelho deve passar mais frequentemente por revisão.

04/01/2018 - 09:00

Conecte-se

Revista Máxima