Raspar a tigela do bolo é um perigo para a sua saúde

É difícil resistir a essa tentação, não é mesmo? Mas o resultado de uma pesquisa fará você pensar duas vezes... Confira!

Patrícia Affonso

A massa do bolo, quando crua, carrega microorganismos nocivos | <i>Crédito: Shutterstock
A massa do bolo, quando crua, carrega microorganismos nocivos | Crédito: Shutterstock

O hábito de limpar com a colher a tigela do bolo (e se deliciar!) nos acompanha desde a infância. No entanto, um estudo recente sugere que não essa não é uma prática saudável. E não é só por causa da salmonela, bactéria que pode estar presente nos ovos crus e causar infecção.

Um artigo científico publicado na semana passada revelou que a bactéria E. coli – responsável pela maioria dos casos de intoxicação alimentar – não se prolifera apenas em ambientes úmidos. Ela também adora ambientes secos, como sacos de farinha de trigo.

Entre dezembro de 2015 e setembro de 2016, pesquisadores das agências de vigilância sanitária dos EUA detectaram, analisando prontuários hospitalares, um surto de infecções causado pela bactéria. Os 56 pacientes, distribuídos em 24 estados, tinham sintomas similares: febre , dor abdominal, vômitos e diarreia.

Quando questionados sobre seus hábitos alimatares, alguns pontos em comum surgiram: todos usavam farinha do mesmo fabricante para preparos como bolos e cookies. E mais: costumavam experimentar a massa crua durante o preparo.

Por isso, a recomendação dos especialisats é esperar a gostosura assar para que os microorganismos sejam mortos. Aí sim, está liberado: você pode aproveitar a sobremesa!

01/12/2017 - 13:30

Conecte-se

Revista Máxima