Precisa decorar algo? Talvez o segredo esteja no horário dos estudos...

Ler mil vezes, ficar repetindo o texto... Essas táticas não estão dando resultado? Confira nossa sugestão para reverter o quadro

Máxima Digital

À noite, o cérebro costuma estar mais apto a armazenar informações | <i>Crédito: Shutterstock
À noite, o cérebro costuma estar mais apto a armazenar informações | Crédito: Shutterstock

Nem todo mundo funciona bem no mesmo horário. Há quem esteja com o cérebro alerta de manhã e não à noite e vice-versa. Uma pesquisa da Universidade de Notre Dame (EUA), realizada com 207 estudantes, revelou que eles se saíam melhore decorando palavras às 21 horas do que às 9. A explicação: as lições aprendidas de manhã muitas vezes são apagadas por causa das atividades cotidianas. “Sem contar o fato de que, durante o sono, organizamos as memórias e consolidamos o aprendizado, o que pode favorecer o estudo noturno”, diz o neurologista Lenadro Teles (SP).

05/03/2018 - 10:00

Conecte-se

Revista Máxima