Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

7 jeitos de usar água termal

Rico em oligoelementos, o produto tem benefícios calmantes e cicatrizantes, além de repor nutrientes das células da pele e cabelos. Veja como incluir na sua rotina de beleza

Diane Neubüser Publicado em 24/01/2017, às 09h00 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

7 jeitos de usar água termal
7 jeitos de usar água termal - Foto Divulgação

1. Após a depilação

Ela ajuda a manter o pH da pele, tem efeito anti-inflamatório, anti-irritante e calmante. Sobretudo após a depilação, em que a cútis se encontra sensibilizada, o uso da água termal colabora para um processo de reposição de oligoelementos fundamentais para restabelecer a função de proteção da derme.

2. Após os exercícios físicos

Além de refrescar, ajuda a repor os oligoelementos e sais minerais perdidos pela transpiração. Se você escolher a versão em spray, deixe-a guardada na geladeira para potencializar o frescor.

3. Para auxiliar a cicatrização

Mais uma vez os oligoelementos entram em ação. Dessa vez auxiliando no processo de regeneração das células. Por esse motivo, é muito usada nos pós-procedimentos no consultório dermatológico, como pós-lasers e pós-peelings. 

4. Para amenizar as olheiras 

Para esse uso,é imprescindível que a embalagem fique na geladeira. Depois é só usar o líquido gelado para fazer compressas sobre a região arroxeada. Use um algodão enxarcado para facilitar a aplicação. A baixa temperatura em associação aos ativos calmantes estimula a vasoconstrição, diminuindo os círculos escuros.

5. Para repor a hidratação da pele

Enquanto ambientes secos e com ar condicionado retiram lipídeos e estimulam a evaporação de água da pele, a água termal tem ação contrária, retendo o líquido e a oleosidade natural da cútis.

6. Para cabelos mais saudáveis

Borrife o líquido na praia ou piscina para remover o excesso de sal ou cloro dos fios. Isso evita danos à ceramida, proteção responsável por manter os nutrientes dentro do cabelo.

7. Para tratar queimaduras por frutas

Em caso de fitofotodermatose (dano na pele causado pelo contato com frutas cítricas ou extratos das plantas), lave a região atingida com água corrente e depois aplique água termal. O produto alivia a sensibilidade, ardência e vermelhidão. 

Fonte: Dra Claudia Marçal — Dermatologista da Clínica de Dermatologia Espaço Cariz, com especialização pela Associação Médica Brasileira (AMB), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e membro da American Academy of Dermatology (AAD), CME (Continuing Medical Education) na Harvard Medical School.


ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI