Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Beleza / Dicas de cabelos

Especialistas dão dicas de como manter os cabelos saudáveis

Eles destacaram a importância de cada tratamento capilar

Máxima Digital Publicado em 26/01/2022, às 14h00

Especialistas dão dicas de como manter os cabelos saudáveis - Freepik
Especialistas dão dicas de como manter os cabelos saudáveis - Freepik

Existem vários cuidados que devemos tomar com os cabelos e é necessário tornar hábito, que se realizando regularmente é possível que se mantenha o aspecto saudável e sedoso, independente do fio de cada tipo de cabelo. 

Os especialistas no tem listaram algumas dicas do que é preciso fazer para manter os fios saudáveis.

Lavagem: a quantidade de lavagens não segue uma regra, ela depende da quantidade de oleosidade do couro cabeludo. Cabelos oleosos permitem uma quantidade maior de lavagens, já os secos uma quantidade menor

Shampoo: usar de acordo com o tipo de cabelo, respeitando o pH de 4,5 a 5,5, pois nesse pH há maior estabilidade das cutículas da haste

Condicionador: é essencial a qualquer tipo de cabelo, pois contribui com a redução da porosidade e dá emoliência. Importante passar com os cabelos úmidos

Leave-in: é um finalizador de cabelo, sem enxágue e não deve ser confundindo com creme para pentear, pois o leave-in disciplina os fios e garante que eles fiquem alinhados e sem frizz

Temperatura da água: Normalmente usa-se a água morna, pois a água muito quente aumenta a oleosidade, resseca e aumenta o risco de descamação do couro cabeludo. Aproveite os dias quentes e lave com água fria, ela é excelente para diminuir a porosidade do fio e dar aquele brilho extra.

Para Silmara Macri, coordenadora de um curso de Estética, é necessário reforçar que, as chapinhas ressecam e desidratam os fios, então devem ser usadas com moderação e critério. Sem esquecer de usar o protetor térmico.

Mas além de todos esses cuidados, é importante que o leitor saiba que um bom tratamento capilar faz toda a diferença.

“A grande maioria das mulheres acham que a reconstrução é melhor que a hidratação, mas os profissionais têm o dever e a responsabilidade de esclarecer as diferenças entre as técnicas e, sobretudo saber fazer a correta indicação”, afirmou José Ailton dos Santos, professor de Terapia Capilar.

Hidratação - Significa devolver a água, então os hidratantes capilares têm princípios ativos que levam água ao fio e protegem o córtex, pois selam a cutícula. Para essa técnica a porosidade deve ser baixa, portanto indicada para cabelos finos, com frizz.

Reconstrução Capilar - Devolvem as proteínas, queratina e colágeno a haste. O produto deve ter baixo peso molecular e oferecer proteção solar. Seu principal objetivo é reparar o dano da cutícula. A técnica é indicada para cabelos com alta porosidade, portanto para cabelos quimicamente tratados.

Cauterização - Diminuir a porosidade, evitando assim a saída do que foi reposto no cabelo, e seu principal ativo é a queratina, completa José Ailton.

Já a nutrição é indicada para cabelos volumosos, que embaraçam com facilidade, sem definição, pois devolvem à fibra capilar a hidratação e emoliência repondo água e oleosidade através óleos vegetais como a manteiga de karitê e argan.

Vale destacar que é importante avaliar o cabelo e, sobretudo o que será usado, o profissional deve saber o peso molecular de cada produto que elege para sua bancada. Nem sempre o que a cliente quer, é o ideal a ser feito.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI