Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Beleza » RINOPLASTIA

Inovação! Rinoplastia preservadora nova técnica cirúrgica traz resultados de forma menos invasiva

Segundo o Dr. Fernando Nakamura, essa operação possibilita ótimos resultados, com menor tempo de recuperação e cicatrizes menos aparentes

MÁXIMA DIGITAL Publicado em 10/10/2020, às 18h00

Rinoplastia preservadora, técnica cirurgica menos invasiva
Rinoplastia preservadora, técnica cirurgica menos invasiva - Reprodução

Uma das reclamações mais comuns em consultórios de cirurgia plástica é em relação ao nariz. Não é à toa que a rinoplastia, ou seja, o procedimento que visa alterar a estética do nariz, é figura entre as operações estéticas mais realizadas no Brasil. 

Com o avanço dos estudos na área, técnicas prometem reduzir o tempo de recuperação enquanto ótimos resultados vêm surgindo. É o caso da rinoplastia preservadora. 

Quando há indicação da técnica, a rinoplastia preservadora tem inúmeras vantagens. Uma delas é a recuperação mais rápida. Sendo assim, o processo de cicatrização é melhor e causa menos inchaço”, explica o cirurgião Dr. Fernando Nakamura

De acordo com o especialista, por ser uma técnica menos invasiva, essa cirurgia vem ganhando cada vez mais espaço. Ela garante resultados excelentes com menor trauma cirúrgico, já que preserva os ligamentos e tecidos. Além disso, a paciente também tem a liberdade de retornar as suas atividades de forma mais rápida.

A rinoplastia preservadora veio para agregar. Em casos específicos, em que seja necessária uma nova intervenção no nariz, chamados retoques ou refinamentos, a cirurgia é bem mais simples”, destaca o médico.

A cirurgia, que dura de 3 a 4 horas, é realizada sob efeito de anestesia geral e através de cortes internos, o que resulta em cicatrizes menos aparentes.

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI