Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Toxina botulínica e ácido hialurônico: saiba mais sobre as substâncias

Queridinhos dos dermatologistas — por serem definidos como ativos seguros —, a toxina botulínica e o ácido hialurônico também podem ser responsáveis por pequenos desastres estéticos. Veja só...

Texto: Carmen Cagnoni Publicado em 28/04/2016, às 09h00 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Toxina botulínica e ácido hialurônico
Toxina botulínica e ácido hialurônico - Shutterstock
Queridinhos dos dermatologistas — por serem definidos como ativos seguros —, a toxina botulínica e o ácido hialurônico também podem ser responsáveis por pequenos desastres estéticos. Veja só...

TOXINA BOTULÍNICA
Produzida a partir da bactéria Clostridium botulinum, a droga paralisa marcas de expressão e previne novos sinais. Tudo porque relaxa a musculatura responsável pelas rugas dinâmicas (as que se formam quando falamos, rimos...). Também alisa o pescoço, melhora o aspecto do queixo e do colo, arrebita o nariz e serve para o tratamento de hiperidrose. 

PROIBIDO PARA
Pessoas com doenças crônicas, sensibilidade ao produto ou processo inflamatório ou infeccioso no local, para grávidas e lactantes e portadoras de doenças tipo miastenia gravis ou esclerose lateral amiotrófica. 

NÃO ESCONDA DO MÉDICO
Se tiver asma, enfisema, dificuldade de deglutição, problemas de sangramento, incontinência urinária, cirurgia na face e o uso de medicamentos e vitaminas, mesmo que não regularmente.

RISCOS
Dor de cabeça, assimetrias na mímica facial, edema palpebral e diminuição da força da musculatura da área tratada (no caso da hiperidrose).

ÁCIDO HIALURÔNICO
Esse produto é uma substância presente naturalmente no corpo humano e, por isso, seguro. A injeção preenche os sulcos da pele, diminuindo a profundidade das rugas, remodela o contorno facial, aumenta o volume dos lábios, acentua as maçãs do rosto e suaviza olheiras.

PROIBIDO PARA
Gestantes e lactantes, pessoas com alergia a um dos componentes da fórmula, com infecções em atividade na região da aplicação do preenchimento e portadoras de doenças autoimunes.

NÃO ESCONDA DO MÉDICO
Cirurgia ou aplicação de outro preenchimento no rosto, problemas de sangramento e uso de medicamentos e vitaminas.

RISCOS
Em caso de dor, bolhas ou feridas perto do local tratado e escurecimento da região, o médico deve ser avisado imediatamente. O preenchimento de ácido hialurônico é o único que pode ser dissolvido com uma enzima específica, caso haja alguma complicação e o médico julgue ser necessário “retirar” o produto.
ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI