Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Xô, celulite! Conheça os tratamentos que ajudam os furinhos a desaparecerem

A chegada da primavera marca também o cuidado mais intenso com o corpo. Conheça 3 alternativas de tratamento para se livrar dos furinhos indesejados

Texto: Greyce Alvarenga Publicado em 23/09/2015, às 16h45 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

celulite
celulite - shutterstock
Que atire a primeira pedra quem nunca se pegou na frente do espelho encarando os temidos furinhos que ficam na região do bumbum e pernas. Algumas mulheres, inclusive, deixam de usar roupas curtas por vergonha das celulites. Com a chegada da primavera, os cuidados com o corpo se intensificam e a corrida pelo corpo ideal se torna o "projeto verão" de inúmeras mulheres. 

Como a celulite surge?
O desenvolvimento da celulite costuma acontecer durante a puberdade, menopausa, gravidez e no início do anticoncepcional. Ou seja, períodos de mudanças hormonais. Além disso, a alimentação inadequada, ausência de atividade física e má circulação influenciam no surgimento dos furinhos na pele.
Segundo a fisioterapeuta Mariana Moraes, do Zahra Spa & Estética (SP), a celulite surge por causa de uma degeneração do tecido gorduroso associada à presença de toxinas que não conseguem ser drenadas pelo organismo. “A falta de oxigenação nas células, provocada pela compressão dos vasos sanguíneos dificulta a nutrição celular e também a retirada das toxinas dos tecidos, colaborando para o aparecimento da celulite", explica ela.

Os graus da celulite
Sim, ela pode ser classificada graus. O primeiro - e mais leve - é quando o furinhos só podem ser vistos ao serem apertados. Já a celulite de segundo grau apresenta-se como pequenas irregularidades na pele, mas não apresenta dor. A celulite de grau três é quando a fibrose se instala e os furinhos ficam bem visíveis, comprometendo a circulação. "A de grau quatro é a mais perigosa, porque as fibras estão mais duras formando nódulos, o que prejudica totalmente a circulação, causando dores e inchaço nas pernas”, acrescenta a fisioterapeuta. 

Conheça algumas opções de tratamento indicadas

Drenagem linfática: Uma das mais conhecidas para o tratamento de celulites, a massagem faz movimentos precisos que seguem o trajeto do sistema linfático, o que ajuda a melhorar a circulação e a oxigenação dos tecidos, reduzindo significantemente o aspecto de casca de laranja na pele.

Escultural Modeladora: realizada com a aplicação de produtos específicos na pele, essa técnica utiliza técnicas da drenagem linfática associada à massagem modeladora. O objetivo de aliar ambas as massagens é promover uma eliminação do excesso de líquido acumulados no corpo, colaborando para uma melhor nutrição dos tecidos.

Massagem Lipolítica: essa massagem é feita através da aplicação de manobras de deslizamentos profundos, fricções e amassamentos com movimentos intensos e vigorosos. O benefício da lipolítica é que ela ativa a circulação e ajuda a diminuir a retenção hídrica. Ajuda a reduzir as gordurinhas localizadas e a celulite, dando uma nova modelação ao corpo.
ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI