Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Casar em cruzeiros é opção barata para noivos; Confira dicas preciosas que farão tudo dar certo no grande dia

Diferente, econômico e inesquecível! Saiba tudo sobre a união que virou moda entre os casais

MÁXIMA Digital Publicado em 18/02/2019, às 15h49 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Cruzeiros podem ser excelentes opções para casamentos
Cruzeiros podem ser excelentes opções para casamentos - GETTY IMAGES

Se o sonho de subir ao altar vai por terra diante dos altos custos da festa, que tal casar em alto mar? O ambiente é luxuoso e a comemoração sai muito mais em conta. “O fato dos convidados pagarem para estar no navio e terem as refeições inclusas elimina custos do bufê. Isso sem falar em iluminação e decoração”, explica Bruna Suzuki, empresária do Grupo Casar. Para embarcar nessa, descubra a seguir as vantagens e qual é a melhor época para se casar em um cruzeiro.

Como funciona

Os noivos podem decidir se casar com o navio em alto mar ou atracado – sim, há empresas que permitem que os convidados que não puderem viajar participem da celebração. “O cruzeiro oferece a cerimônia [em geral, para no máximo 40 pessoas], com bolo e champanhe, e os noivos podem acrescentar um coquetel para os convidados que não vão embarcar curtirem o evento”, explica Lara Giannoitti, da Royal Caribbean. Neste caso, o coquetel de bebidas é pago à parte. Uma hora antes do gigante zarpar esses convidados têm de desembarcar. Já aqueles que aderiram ao pacote seguem celebrando com o casal. Quem fechou o pacote tem direito a comida à vontade, assim como os noivos. Quando a empresa não faz casamento "atracado", a cerimônia é feita à bordo e todos os convidados têm de embarcar.

Tipos de pacotes

Há dois tipos: o do casamento (que inclui os itens da festa, como decoração, bolo, etc) e o da viagem mesmo (que tem de ser adquirido tanto pelos noivos quanto pelos convidados). A escolha do pacote de viagem influencia na quantidade de convidados: “Se optar por pacotes de três noites, mais baratos, é mais fácil os amigos aderirem! Geralmente é no final de semana e fica tranquilo conseguir folga no trabalho para ir festejar”, diz Bruna. Já nos casamentos com pacotes de sete noites, costuma ser difícil ter vários convidados embarcando junto.

Cinco vantagens do casório no mar

­1. Embora a cerimônia seja mais rápida, a festança dura mais: já que vocês celebram durante toda a viagem ao lado dos convidados.

2. Bebida, bolo, buquê de flores, espaço decorado, seleção de músicas, ensaio fotográfico e café da manhã na cabine são algumas das coisas que se tem direito no pacote. Ou seja, você não tem de se preocupar com vários detalhes de um casamento comum, como salão.

3 Os custos são menores! Só o gasto de alugar um local e contratar o mais simples dos bufês já cobre os gastos de casar em alto mar! Um casório no navio, com bebida para 40 convidados, viagem do casal, decoração, fotos e bolo sai a partir de R$ 15 mil reais. O mesmo evento realizado em terra, com bebida e salão, custaria cerca de R$ 40 mil.

4. A maioria das empresas parcela tanto o cerimônia quanto a viagem em até 12x.

5. Você paga a festa e a lua de mel de uma vez!

Época ideal
 “Evite datas comemorativas e prefira casar nos meses entre outubro e abril”, sugere Bruna. "Esta época é mais quente e dá para curtir a piscina e as praias em que o navio vai atracar", explica a profissional.

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI