Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Comportamento / Machismo

Claudia Campolina bate de frente e rebate machismo nas redes sociais

Sucesso na internet, a atriz Claudia Campolina usa do humor para levantar a bandeira de empoderamento nas redes sociais

Gabriele Salyna Publicado em 07/04/2022, às 16h00

Claudia Campolina bate de frente e rebate machismo nas redes sociais - Instagram
Claudia Campolina bate de frente e rebate machismo nas redes sociais - Instagram

Claudia Campolina é um verdadeiro fenômeno nas redes sociais.  bate de frente e rebate machismo nas redes sociais. Com mais de 131,5 mil seguidores no TikTok, seu perfil de maior destaque online, a atriz usa do humor para bater de frente contra o machismo. 

A estrela da internet, que é um sucesso na plataforma online, rebate situações e comentários que colocam a mulher em situações de vulnerabilidade e rebaixamento. 

Em entrevista à Máxima Digital, Claudia falou sobre o machismo nas redes sociais e como desenvolve seu trabalho de levantar a bandeira de empoderamento feminino. 

"O machismo ainda está em todo lugar, infelizmente, mas eu percebo dois fenômenos típicos da internet em relação ao machismo. O primeiro é que na internet as pessoas têm mais coragem de serem violentas e preconceituosas! É muito mais difícil você colocar a sua cara falando algo horrível ao vivo do que atrás de um computador.", disse. 

Ela continuou: "Até porque, no mundo virtual, muita gente se esconde atrás de fakes ou de perfis fechados que nem foto da pessoa tem. São os corajosos de ocasião! Aquela gente que não enfrenta uma formiga, mas que, atrás da tela, posa de valente. Esse fenômeno não atinge só o machismo, mas tudo.".

"A segunda é a quantidade de perfis de 'coachs de relacionamento', 'homens alfa', 'antifeministas' ou de gente que se esconde atrás de uma imagem supostamente conservadora, moralista e hipócrita para atacar mulheres ou pregar regras de comportamento feminino! É o machismo disfarçado de regra moral ou comportamento 'não vulgar'. Dicas como: uma mulher deve sempre falar baixo ou, mulheres que se respeitam não postam fotos com decote ou, o feminismo quer transformar o mundo em sodoma e Gomorra ou, você não vai arranjar um namorado se quiser competir com ele, o homem deve ser o líder da casa ou, você tem que estar sempre bem cuidada, linda, cheirosa para o seu pretendente porque a beleza da mulher acalma o coração do homem.", prosseguiu. 

Claudia falou sobre os conteúdos na internet: "Além disso, a gente ainda se esbarra naqueles canais ou páginas em que homens vocalizam discursos violentíssimos sobre as mulheres. Entretanto, é interessante observar o alcance da webserie que criei, o Mundo Invertido. Raramente aparecem homens para me xingar ou criticar o conteúdo dos vídeos e a imensa maioria das mulheres adora o conteúdo! Com certeza eu devo desagradar muita gente, mas, por alguma razão, elas não aparecem muito nos comentários. Talvez porque eu faça via humor ou talvez porque é difícil desmentir as frases que uso na série."

"Toda mulher e todo homem já as ouviram. Não como estão lá, mas como são ditas no mundo real, já que na série elas se tornam frases ditas para homens por mulheres. Frases como: 'onde você vai com essa roupa?'; 'senta igual mocinha'; 'ela tava pedindo'; 'mulher tem que se dar ao respeito'; se transformam em: 'onde você vai com essa roupa?'; 'senta igual mocinho'; 'ele tava pedindo'; 'homem tem que se dar ao respeito'.", finalizou.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI