Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Comportamento » Racismo

Entregador sofre ataque racista de morador de condomínio de luxo: "Você tem inveja"

No vídeo, o morador insulta o motoboy com diversas ofensas como: lixo, semianalfabeto e diz que o mesmo tinha inveja do condomínio em que ele mora e da sua cor

Máxima Digital Publicado em 07/08/2020, às 14h46

Entregador sofre ataque racista de morador de condomínio de luxo
Entregador sofre ataque racista de morador de condomínio de luxo - Reprodução/ Twitter

Nesta sexta-feira, 7, um vídeo chocou os internautas. Nele, um motoboy chamado MatheusPiresé humilhado e sofre preconceito do morador de um condomínio de luxo em Valinhos, São Paulo, local que foi fazer entrega.  

A ocorrência foi registrada no último dia 31 de junho, mas só viralizou agora.  Na ocasião, a Guarda Municipal foi chamada e encaminhou todos para a Delegacia de Valinhos. O condomínio fica no bairro Chácaras Silvania.

As diversas ofensas racistas e classistas foram mostradas no vídeo. Ainda foi possível ver o momento em que o homem ofende o profissional e diz que ele tem "inveja disso aqui", apontando para a própria pele.

Durante a discussão, o rapaz ainda ofende o entregador, o chamando de "semianalfabeto"; repete que ele tem inveja da vida que as pessoas que moram no condomínio dele têm; e diz que o profissional não tem onde morar nem "nunca vai ter" nada do que ele estava mencionando. O vídeo foi gravado por um vizinho.

Segundo o motoboy, que falou com a EPTV, afiliada da TV Globo, foi a segunda vez que ele foi fazer uma entrega na casa. O rapaz falou que na primeira vez o homem já havia sido grosseiro por ele não ter achado o endereço da residência. Na segunda, quando aconteceram as ofensas racistas, o profissional disse que a confusão começou por um problema no interfone do condomínio.

O morador insultou o motoboy, o chamou de lixo e semianalfabeto e disse que o mesmo tinha inveja do condomínio em que ele mora e da sua cor, com gesto racista característico apontando o braço. 

“Você nem tem onde morar. Você tem inveja disso daqui. Eu pedi para ele [Matheus Pires] sair fora daqui, e não saiu fora. Moleque, moleque, você tem inveja disso daqui, você tem inveja dessas famílias aqui”, falou o morador, ao apontar para as casas do condomínio e, em seguida, para o antebraço, indicando ser branco.

De máscara, o entregador, respondeu o agressor: “Eu posso ter a mesma coisa que o senhor. Quem te deu isso daqui? Foi seu pai?”. Em seguida, o homem aumenta o tom de voz: “Você nunca vai ter”. 

“Eu falei pra ele que ele não podia fazer mais isso porque ninguém gostava desse tipo de atitude. O que ele faz é pra se mostrar superior às pessoas. Teve um momento que ele cuspiu em mim, jogou a nota no chão e disse que eu era lixo. Na frente da polícia, ele continuou com as agressões, me chamou de favelado”, disse o motoboy ao G1.

A mãe de Matheus também compartilhou o vídeo. Sua postagem já tem milhares de curtidas e compartilhamentos. Na legenda ela se diz que resolveu postar o vídeo, pois “isso é racismo e é crime e esse entregador é meu filho um trabalhador honesto e não precisa sentir ou ter inveja de um escroto”. Veja abaixo:

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI