Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Comportamento / Internet

Especialista aponta principais tendências para quem quer ser influenciador digital em 2022

Alex Monteiro falou sobre o que irá bombar nas redes sociais em 2022

Máxima Digital Publicado em 10/01/2022, às 13h00

Especialista aponta principais tendências para quem quer ser influenciador digital em 2022 - Instagram
Especialista aponta principais tendências para quem quer ser influenciador digital em 2022 - Instagram

Virgínia Fonseca, Whindersson Nunes, Bianca Andrade e outros nomes conhecidos são algumas das potências que bombaram nas redes sociais em 2021 e continuam suas carreiras online em 2022. 

Assim como eles, muitas pessoas têm o sonho de construir uma carreira como influenciador digital e essa é a meta para o ano que está começando. 

Alex Monteiro, especialista em redes sociais e fundador de uma das maiores agências de influencers da América Latina, deu algumas dicas do que fazer para bombar na web em 2022. 

Logo de início, ele revelou acreditar que o mercado dos influenciadores digitais continuará crescendo: "Eu creio que irá aumentar, afinal, ninguém quer mais ser impactados por anúncios, logo, com a crescente ida dos colabores de empresas para as redes sociais, teremos o aumento de criadores de conteúdos."

Para quem deseja iniciar a carreira, Alex deu uma dica de ouro: "A tendência será sempre ser autêntico, produzir um conteúdo verdadeiro e que seja a sua cara, sempre estando antenado nas formas de consumo. Os formatos mudaram e sempre irão mudar, mas a essência em produzir bons conteúdos sempre será a mesma, invista em ser autêntico sempre."

Na internet, uma série de plataformas online estão disponíveis para serem usadas pelos usuários. Qual delas é a melhor para investir? Como fazer? Alex explicou sobre o assunto. 

"Atualmente o TikTok, ela está entregando muito as publicações. O reconhecimento é consequência do binômio consistência e frequência, pois o seu conteúdo precisa gerar valor para quem está assistindo e não ser algo realizado de vez em quando, tem que ter rotina, isso acelera um criador em qualquer plataforma." disse.

O especialista falou sobre o gerenciamento de carreira dos influenciadores: "Acredito que o grande desafio é auxiliar na evolução mental dos influenciadores, pois quando não estão com vida equilibrada, dificilmente conseguirão produzir conteúdos impactantes. O grande desafio para um gestor de carreiras atualmente é a preparação para o que os criadores de conteúdo encontrarão nas redes."

Chegou a hora do post! O que postar? O que não postar? "O criador de conteúdo deve tratar as redes como um trabalho e sempre se perguntar, essa postagem eu preciso explicar para que alguém entenda? Eu preciso que a pessoa me conheça profundamente para que ela entenda? Se a resposta for sim, não poste. Quem vê seu conteúdo hoje, não viu sua postagem de ontem e por isso pode interpretar erroneamente sua postagem, gerando dano. As redes sociais não são roda de amigos que lhe conhece profundamente e entende sua fala solta.", explicou. 

Dancinhas, vídeos de humor, poesias, músicas… Esse tipo de conteúdo viralizam muito e o especialista falou sobre outros conteúdos que têm chances de bombar nas redes sociais

"Eu sou da linha que defendo que nada adianta seguir o algoritmo e as modinhas se a essência não for boa, isso lhe permitirá viralizar, mas não vai construir carreira. Carreira é construída com conteúdos que partem da essência e de uma narrativa, podendo, inclusive, utilizar dancinhas e vídeos de humor.", disse. 

Alex Monteiro dá dicas de como começar a carreira de influenciador em 2022
Divulgação

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI