Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram Máxima
Comportamento » Tensão

Internautas atacam jornalista que insistiu para conversar com mãe de atirador: ''Falta de humanidade''

A tragédia de Suzano comoveu o Brasil e muitas pessoas também se sensibilizaram com a genitora

MÁXIMA Digital Publicado em 14/03/2019, às 15h14 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Mãe de atirador é entrevistada por jornalista da Band
Mãe de atirador é entrevistada por jornalista da Band - Reprodução/ Instagram

O tiroteio que ocorreu em Suzano, na cidade de São Paulo, nesta quarta-feira, 13, comoveu pessoas do país todo.

Na TV, diversas emissoras fizeram cobertura do caso e um jornalista, especificamente, foi duramente criticado nas redes sociais pelo modo como conduziu a entrevista com a mãe de um dos atiradores, Tatiana Taucci.

Correndo atrás da moça, Marcelo Moreira, da Band, disparou: "Por que o Guilherme fez isso?"Ao que ela respondeu: "Não sei, também estou querendo saber".

Sem hesitar, o jornalista continuou pressionando: "Você se sente culpada de alguma forma?".

"Mostra o seu rosto, bem", pediu em outro momento.

Sensibilizados com a genitora, internautas reclamaram da abordagem no Twitter.

"Fiquei constrangida com a insistência do repórter para entrevistar a mãe de um dos atiradores de Suzano. Seu filho matou e morreu. Deve estar sendo imensuravelmente difícil pra ela. O jornalista pode buscar informações, mas precisa ter empatia e respeito", comentou uma.

"É mais fácil perceber a falta de humanidade em quem precisa pegar as informações na hora do acontecimento pra reportarem. Quem precisa a todo instante repassar informações em rede nacional, avalie o quanto esse assunto vai render. A custo de que? Pensam nas famílias envolvidas?", disparou outro.

"Lamentável a postura de alguns companheiros de profissão na cobertura dos eventos. Patético. Desumano. Abominável. Mas enfim... Gente desse tipo tem em todo lugar", criticou um terceiro.