Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Comportamento » Como lidar?

Terapeuta comenta reação de famosas em relação a suposta traição de Marina Ruy e aconselha: ''Não transforme a dor em mais um assunto''

Elainne Ourives, terapeuta quântica e treinadora mental, criadora da Técnica Hertz comenta o caso e dá dicas para passar pela situação

Máxima Digital Publicado em 19/02/2019, às 17h12 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa - Reprodução/ Instagram

Na última semana a atriz Marina Ruy Barbosa foi apontada como pivô do fim do relacionamento de José Loretto e Débora Nascimento.

Após a noticia ser disseminada na web e nos corredores dos Estúdios Globo, um grupo de celebridades decidiu cortar o contato com a ruiva e deixou claro que tomaram um lado na suposta história: o de Debora Nascimento.

Giovanna Ewbank, Bruna Marquezine, Thayla Ayala e outras famosas de peso deixaram de seguir a esposa de Alexandre Negrão no Instagram poucos dias após as especulações.

A terapeuta quântica Elainne Ourives, garantiu que em uma situação como essa, é importante mostrar apoio ao amigo traído, mas sem trazer ainda mais sofrimento e atenção para o assunto: "Neste momento, o importante é mostrar apoio ao amigo de trabalho, mas sem se envolver diretamente no assunto. Entretanto, quando estamos em uma situação de “ofendido”, o orgulho muitas vezes nos deixa cego. E quando existe apoio dos amigos com atitudes mais efêmeras, isso pode ficar ainda pior. Portanto, apoie sim seu amigo, mas de uma forma que não o faça ter mais raiva da outra pessoa, pois isso irá complicar ainda mais a situação de quem foi traído".

Elainne ainda garantiu que existem formas mais leves de mostrar parceria, sem alfinetar ainda mais a dor de quem está envolvida na situação de infidelidade. "Quando uma pessoa se sente mal por conta da experiência da infidelidade e escolhe compartilhar seu sofrimento com um amigo ou amiga, ela precisa, primeiramente, se sentir ouvida. Dê a ela espaço para falar sobre o que sente. Faça perguntas a respeito de seus sentimentos e não sobre os detalhes da traição em si. Evite julgamentos e dê espaço para que a pessoa possa se sentir livre para falar o que quiser - mas ajude-a a condicionar a sua mente para pensamentos bons, e não para a negatividade do ato em si", escreveu.

A especialista afirmou que comentar o caso nas redes sociais ou atrair ainda mais atenção para o suposto acontecido pode gerar ainda mais mágoa para a vítima. "A pessoa que sofreu uma traição também deve se sentir protegida, afinal, acabou de passar por uma grande quebra de confiança em sua vida, e pode ser muito difícil confiar novamente. Mostre que ela pode confiar, e não comente sobre o episódio com ninguém. Não transforme a dor da pessoa em mais um assunto entre outras pessoas. Além de se sentir ouvida e protegida, a pessoa traída deve se sentir apoiada. Não tome partido, mas ofereça seu apoio", comentou Elainne.

Elainne Ourives, terapêuta quântica e treinadora mental, criadora da Técnica Hertz

Em nota oficial emitida pela assessoria de imprensa de Marina Ruy Barbosa, a traição foi negada. "Atualmente eu e o José Loreto estamos fazendo um par romântico na novela e por isso podem fazer especulações. Nós nos tornamos muito amigos, por quem tenho muito carinho, o que me deixa ainda mais triste em relação a isso tudo. Hoje, comecei a ser apontada por fofoqueiros da internet de ser talvez pivô de uma separação, que devem assistir muita televisão e pelo visto a novela. Eu amo meu marido e sou muito feliz no casamento e nunca teria, nem nunca tive nada além de uma parceria profissional e amizade no trabalho consequência da novela. Completamente infundado tudo isso", declarou.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI