Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Comportamento » Dicas

Medo de falar inglês? 5 técnicas para você testar que fazem o cérebro perder o receio de falar a língua

Com exclusividade, a professora Carolina Diniz ensinou 5 técnicas para auxiliar quem tem medo de falar inglês

Máxima Digital Publicado em 14/11/2020, às 10h00

5 técnicas para você testar que fazem o cérebro perder o receio de falar a língua
5 técnicas para você testar que fazem o cérebro perder o receio de falar a língua - Freepik

Já sentiu medo de aprender alguma coisa nova? E uma língua estrangeira? Fique tranquila que o medo é algo intrínseco ao ser humano. As razões são as mais diversas: Seja o de não agradar aos outros, o pavor de falar em público, a fobia de algo ou até algum bicho, o pesadelo de perder o emprego ou até o medo de falar inglês.

Algumas pessoas, mesmo conhecendo bem outra língua, simplesmente “travam” na hora da conversação já que nem sempre esse receio que sentimos é algo lógico.

Aquele famoso 'deu branco' é mais comum do que imaginamos. Ele é mais conhecido como ‘’bloqueio mental’’ e acontece quando as suas emoções criam uma barreira no seu cérebro dificultando a absorção da informação. 

Mesmo sendo algo comum - vale tanto para as pessoas que ainda estão no processo de aprendizagem ou mesmo para aquelas que estão “enferrujadas” - existem técnicas para você treinar o seu cérebro para evitar esse tipo de situação no seu cotidiano. 

Pensando nisso, a professora Carolina Diniz, a teacher dos famosos e especialista em PNL (Programação Neurolinguística), ensinou para nós, da Máxima Digital, 5 técnicas que ela usa em suas aulas online para não se deixar paralisar pelo medo:

1) Explicar com as suas próprias palavras  

Imagine aquele texto que você olha e logo de cara não consegue entender nada, porém se você dividi-lo por parágrafos menores será muito mais fácil a compreensão.

Assim você consegue captar o contexto e ir defini-lo com as suas palavras facilitando o processo de aprendizagem. 

2) Prática, prática e prática

Você deve se acostumar a ouvir a sua voz falando em inglês, mesmo sabendo que no ínicio a pronúncia não estará 100% correta . Então é necessário que você comece a praticar sozinho em um ambiente confortável aperte o play e grave sua voz. Assim estará treinando o seu cérebro com frases cotidianas usadas em um diálogo futuro. 

Dica da Carolina: Perfeccionismo pode ser um gatilho para a procrastinar, logo fuja desse ciclo vicioso

3) Mude de ambiente 

Você tem que criar o máximo de associação que te ajude na memorização e retenção do conteúdo no cérebro. 

Então buscar sempre mudar o ‘’ambiente’’ para absorver o maior número de referências possíveis. Não se esqueça a maioria dos seres humanos é extremamente visual!

4) Sentiu que o stress e o medo estão tomando conta? 

Quando você estiver conversando com alguém em inglês e perceber o nervosismo tomando conta do seu corpo, faça o básico: Respire profundamente! 

Ao respirar profundamente você envia sinais de tranquilidade harmonizando as suas emoções. 

5) Consciência do seu processo

Aprender uma nova língua é desafiador, e pode demandar tempo e esforço para a aprendizagem, então sempre tenha isso em mente para não colocar expectativas que não estejam dentro do que você possa entregar.

Portanto, dê tempo ao tempo e deixe fluir esse novo desafio!

Ah, que tal conferir outras dicas que a 'teacher' compartilha no Instagram?

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Carol Transforme O Seu Inglês (@carolinadinizsoueu) em

 



ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI