Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Comportamento / Empreendedorismo

MÊS DA MULHER: Sonhos na arquitetura! Stephanie Toloi conquistou seu próprio negócio durante a pandemia

A arquiteta sempre sonhou em ser empreendedora, mas ainda não havia concluído essa meta até o início do ano que mudou a vida do mundo

Gabriele Salyna Publicado em 23/03/2021, às 12h53

MÊS DA MULHER: Stephanie Toloi viu na pandemia o momento ideal para conquistar seu próprio negócio - Divulgação
MÊS DA MULHER: Stephanie Toloi viu na pandemia o momento ideal para conquistar seu próprio negócio - Divulgação

Stephanie Toloi sempre teve o sonho de ter seu próprio negócio. Esse plano teve uma influência bem particular, mas para realizá-lo, ela precisou investir em seu conhecimento. A arquiteta começou sua jornada há alguns anos e esse tempo só ampliou seu desejo de empreender.

“Entrei na faculdade em 2009, e desde o começo sempre me imaginei dona do meu próprio negócio. Acho que tive uma influência muito grande do meu pai que é empresário, mas sempre sonhei com a liberdade de fazer as coisas do meu jeito e de gerenciar meu tempo.”, contou.

Ela disse que se preparou muito para esse momento: “Me preparei bastante para isso. Fiz um curso técnico de design de interiores junto com a faculdade, durante os três primeiros anos. Era bem cansativo, mas como sempre quis trabalhar com arquitetura de interiores entendi que esse conhecimento era fundamental.”.

“Quando terminei o técnico comecei a fazer estágio e entendi realmente como funcionava o mercado da arquitetura. Percebi que a faculdade nos prepara muito mal para encarar a realidade do dia a dia de um escritório, o contato com os clientes, fornecedores e os conflitos que ocorrem nas obras.”, narrou.

Stephanie contou que os estudos não paravam e o sonho de empreender batia ainda mais forte em seu coração.

Ela passou a investir em cursos que agregassem uma bagagem para quando montasse seu próprio negócio: “Quando tinha 4 anos de formada decidi fazer uma pós-graduação que me possibilitasse explorar outras áreas além da arquitetura e me que desse uma base sólida para começar a estruturar a minha empresa. Optei pelo curso de Design Estratégico e Inovação.”.

“Trabalhei em escritórios renomados em São Paulo, atendendo a clientes de alto padrão e construtoras nos ramos residencial e comercial. Passei por muitos momentos difíceis, mas nunca passou pela minha cabeça desistir. Tive alguns colegas que pediram as contas por ouvir alguns desaforos dos chefes, mas isso nunca foi uma opção para mim. Pedir demissão para mim só era uma alternativa se eu tivesse outro emprego garantido.”, contou.

"Em 2018 comecei a pegar alguns clientes pequenos fora do escritório que trabalhava, para fazer reformas de banheiros, desenho de marcenaria de alguns cômodos, e a partir daí comecei a fazer meu networking.", disse. 

A pandemia do novo coronavírus chegou. O que tinha para ser um grande desastre no mercado, Stephanie viu como uma oportunidade para dar início ao seu sonho que estava ali, presente em todos os passos de sua carreira.

“Em 2020, em meio a pandemia muitas oportunidades começaram a aparecer. Aproveitei os primeiros meses de quarentena para fazer todos os cursos online gratuitos que eram disponibilizados na minha área. Aproveitei o ‘tempo livre’ para retomar o contato com alguns arquitetos que passaram pela mesma trajetória que eu, e, agora estão bem na profissão. Aos poucos os clientes maiores foram aparecendo e eu consegui ficar 100% com a minha empresa.”, contou.

“Os últimos 6 meses de 2020 foram muito complicados, trabalhava em um escritório no qual tinha muitas responsabilidades e já estava tocando a obra de 4 apartamentos grandes de clientes particulares. Foi bastante cansativo, mas também muito recompensador.”, disse.

O sonho começou! Stephanie começou a empreender do jeito que sempre quis: “Em outubro finalmente consegui pedir minha demissão e me dedicar 100% aos meus projetos e aos meus clientes. Me sinto totalmente realizada e feliz.”.

O caminho é longo, mas a jovem arquiteta tem força de vontade o suficiente para realizar cada tarefa: “Ainda tenho muito trabalho pela frente e muitas metas para atingir, mas sinto um alívio de saber que o primeiro passo já foi dado.”.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI