Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram Máxima
Comportamento » Injustiça

Mulher presa por engano chora no Encontro e abre o coração: ''Perdoo a minha irmã''

Danielle Estevão Fortes ficou 11 dias no Complexo Penitenciário de Gericinó

MÁXIMA Digital Publicado em 19/06/2019, às 13h41 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Encontro com Fátima Bernardes
Encontro com Fátima Bernardes - Reprodução/TV Globo

Danielle Estevão Fortes foi acusada e presa por dois crimes que não cometeu. A jovem de 26 anos foi confundida com a irmã e ficou 11 dias no Complexo Penitenciário de Gericinó.

Ela participou do Encontro com Fátima Bernardes nesta quarta, 19, e abriu o coração: "Foi muito difícil para mim, Fátima. [...] A preocupação da minha mãe era dupla", disse. Primeiro, porque uma filha inocente estava presa e, segundo, porque outra filha sumiu.

E disse que o momento na família também não é dos melhores: "Eu acabei de perder um irmão, há um mês, então foi muita coisa perto."

Ela contou que não entende por que a irmã fugiu já que "da mesma forma que a minha família inteira tava ali por mim, a minha família iria estar ali por ela também."

Além disso, afirmou que perdoa: "Estou sofrendo, mas eu perdoo, porque ela tem um filho de dois anos e eu sei que ela deve estar com muito medo, medo de sair na rua. Deve ter muita gente com raiva dela. Mas eu perdoo, ela é minha irmã, eu a amo. Eu não vou largá-la, não vou fazer com ela o que ela fez comigo. Por mais que eu esteja sofrendo, estou muito mais preocupada com ela"

PRISÃO

Danielle contou que foi depor sobre a morte do irmão que havia falecido há pouco tempo e, na própria delegacia, foi presa por roubar uma loja de celulares. No entanto, ela não cometeu crime nenhum.

Foto: Reprodução/TV Globo