Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Comportamento / Projeto social

Projeto para arrecadação de doação de cabelos celebra seu quarto ano em atenção ao câncer de mama nos salões de beleza

A campanha Be Pink já arrecadou quase 400kg de cabelos e conta com doadoras assíduas entre as oito mil que já contribuíram com a iniciativa

Máxima Digital Publicado em 16/09/2021, às 14h40

Projeto para arrecadação de doação de cabelos celebra seu quarto ano em atenção ao câncer de mama nos salões de beleza - Freepik
Projeto para arrecadação de doação de cabelos celebra seu quarto ano em atenção ao câncer de mama nos salões de beleza - Freepik

A Campanha Be Pink inaugura seu quarto ano de evento em 2021. A iniciativa, que nasceu a pedido dos salões de beleza, chega a mais uma edição com o intuito de informar sobre sinais que o corpo dá e a importância do autocuidado que possa permitir a detecção precoce do câncer de mama, além de estimular a doação de cabelos para criação de perucas. 

O projeto acontecerá em outubro em mais de 400 salões participantes, entre eles C.Kamura em São Paulo e Beauty Care Le Monde no Rio de Janeiro.

A ação social do canal de TV b.drops, exclusivo para salões de beleza, foi idealizada a partir do pedido dos próprios estabelecimentos que viam crescer o interesse das clientes em doar seus cabelos para a confecção de perucas, e o interesse dos cabeleireiros em orientar adequadamente sobre a doença. 

"Foi assim que nasceu projeto que hoje acumula mais pessoas engajadas. Entendemos que os salões são um ambiente onde as mulheres se sentem à vontade e mantêm uma relação de confiança e cumplicidade com os profissionais, facilitando a abordagem do assunto", contou Felipe Naspolini Viante, CEO da b.drops.

E foi assim que a Be Pink nasceu e criou uma rede de engajamento pela causa e conta com importantes parceiros, como Wella Professionals e o Instituto Avon – marcas que apresentam a campanha e assinam todos os materiais informativos - OPI e Grupo Fleury, trazendo mais relevância para a participação dos salões e também no apoio a campanha, reforçando a importância da realização rotineira dos exames para o diagnóstico precoce. A campanha ainda conta com o apoio da Intimissimi e a parceria da Housi.

Doação de cabelos e confecção de perucas:

Todo cabelo doado nos salões participantes tem um destino certo. A Be Pink apoia três ONGs: Atitude na Cabeça, Amor em Mechas e Solidariedade em Fios. Elas são as responsáveis pela produção de perucas, próteses e megahair para as pacientes que estão em tratamento de câncer de mama.

A 'Atitude na Cabeça' tem sua sede em Curitiba, mas toda a confecção é distribuída para pacientes em todo o Brasil. A 'Amor em Mechas' realiza doações do Kit do Amor, contendo peruca, lenço, álcool gel, colar de pérolas, brinco, maquiagem e livro de autoajuda para as mulheres em tratamento. Já a 'Solidariedade em Fios' é um projeto em parceria com o 'Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo', FUSSESP, e com o 'Instituto do Câncer do Estado de São Paulo', Icesp, que une a capacitação dos alunos na confecção de prótese capilar, megahair e a doação desses itens às pacientes do Icesp.

Madrinha da Campanha:

A modelo e digital influencer Gi Charaba é a madrinha da Be Pink desde a primeira edição. 

Ela tem uma história pessoal que se conecta com o ideal da causa. Aos 29 anos, descobriu seu primeiro câncer nas mamas. Em seguida, outro nos ossos. 

Seu tratamento durou cerca de um ano e hoje, felizmente, está em remissão da doença, porém, segue atenta aos cuidados. "De três em três meses faço exames para monitorar. Já passei da pior fase, mas não dá para bobear.", contou a modelo.

"Já não é fácil para qualquer mulher ter uma parte tão feminina acometida pelo câncer. Mexe muito com a nossa vaidade, ainda mais no meu universo, onde a imagem é tudo. Quando descobri a doença procurei exemplos de pessoas para me inspirar. Eu queria ouvir histórias que deram certo, mas as pessoas não gostam de mostrar o lado crítico. Quando fui convidada para ser madrinha da Be Pink, que vai atuar em salões de beleza, adorei a ideia! Nesses locais, normalmente, as pessoas vão para se cuidar, mas apenas da aparência. As mulheres precisam se conscientizar. Cuidar da beleza é legal, mas, por favor, se toque e não deixe de fazer exames hormonais de rotina", disse.

Como funciona a ação:

A campanha leva materiais informativos diretamente a quem precisa, sobre como realizar o autocuidado, quais os principais sintomas e quando marcar uma consulta com especialista. Durante todo o mês de outubro as telas da b.drops são voltadas a conscientização da doença.

O projeto desenvolve anualmente um amplo conteúdo informativo que chega aos salões em forma de informações nas telas, além de prisma de bancada, adesivo de espelho e certificado de doação e ecobag – que serve como uma urna de arrecadação.

Todo o conteúdo da campanha deste ano é endossado pela curadoria do Instituto Avon.


Contato:

Luciana Rodrigues - meajuda.luciana@gmail.com 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI