Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Comportamento / Voz!

Sah Oliveira destaca a importância de ser voz das mulheres pretas nas redes sociais

"Por muito tempo acreditei ser um erro", revelou a influenciadora digital, contando sobre sua trajetória e como ter uma inspiração negra importa na vida de meninas e mulheres

Máxima Digital Publicado em 15/11/2021, às 15h00

Sah Oliveira destaca a importância de ser voz das mulheres pretas nas redes sociais - Créditos: João Carvalho
Sah Oliveira destaca a importância de ser voz das mulheres pretas nas redes sociais - Créditos: João Carvalho

A representatividade negra nos meios de comunicação não existia. As mulheres negras não eram vistas nas campanhas publicitárias, mas não por consumir menos, e, sim, por puro preconceito racial.

Com poucos rostos negros em revistas, na TV, em posições importantes, muitas meninas negras não se viam representadas e não tinham uma voz para se inspirar.

Hoje, muitas mulheres têm feito revolução nesse quesito, e usam as redes sociais para dar voz e representatividade para as mulheres negras. Uma delas, é a influenciadora digital Sah Oliveira, que com a oportunidade de ocupar um espaço de visibilidade, permite que muitas mulheres enxerguem nela uma luz, uma referência de inspiração.

Para Sah, ser uma mulher negra nas redes simboliza todo um passado em que ela se via menor, não se enxerga sua beleza, e via como correto apenas as pessoas brancas ao seu redor, por falta de inspiração e representatividade negras em todos os espaços.

"Por muito tempo acreditei ser um erro. Me sentia feia e não conseguia ver beleza em mim, no meu cabelo, na minha cor, isto porque, tudo à minha volta dizia o oposto. Não havia nada que me representasse, não havia uma pessoa para ser voz de quem sou e que me inspirasse naquele momento", revelou.

A influenciadora também compartilha que por muito tempo buscou sua representatividade no mundo e em um mercado dominado pela imagem da mulher branca. Desde sua infância, assim como na adolescência, a dificuldade se fazia até em encontrar produtos para seu tipo de cabelo, ou sem tom de pele, diminuindo assim sua autoestima.

"Quando criança, eu sempre via as minhas colegas indo de cabelos soltos para a escola, e eu não podia, porque, o meu cabelo era 'ruim', e não tinha nem mesmo produtos que se adequassem ao meu cabelo, e que atendessem as necessidades dele, assim, ele não se revelava na sua melhor forma, até porque, eu não sabia nem lidar com meus fios. Já maior, lembro que, fui em busca da primeira base de maquiagem, e a única que encontrei era 'Morena Mais', e era um único tom para todos os tipos e tons de pele negra. Lembro que cheguei na escola com uma cor bem pálida, porque afinal, não tinha nada a ver com o meu tom de pele", relembrou Sah.

Para ela, ser uma voz negra nas redes sociais não é só uma responsabilidade, mas uma honra. Pois, a influenciadora digital consegue entender a real missão que faz dela, uma mulher ainda mais poderosa, sabendo que hoje, tem a oportunidade de representar muitas mulheres, mostrando que podem chegar onde quiserem.

"Ter esse papel é algo que me sinto honrada, mas, sei da responsabilidade e o quanto estar nesse local importa; porque lá atrás, não tinha ninguém para ser minha voz e dizer que eu posso e que vou conseguir, que não é fácil e é preciso de muita luta, sendo preciso resistir e existir todos os dias.", disse.

Sah ainda destacou que a mulher negra precisa se ver, enxergar sua real beleza e sua verdadeira imagem, para que ela possa ter forças e acreditar que é possível.

"Quando elas veem minha trajetória e história, eu ocupando os diversos espaços, eu as represento, e isso dá forças, tornando cada uma mais poderosas e capacitadas, pois como costumo falar 'Não vinhemos para pouco!'", finalizou. 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI