Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Coronavírus » Coronavírus

Curado do coronavírus, Dinho Ouro Preto revela sequelas da doença

O cantor participou do programa 'Encontro' e falou sobre os sintomas da doença e seu processo de recuperação

Máxima Digital Publicado em 09/07/2020, às 14h47

Curado do coronavírus, Dinho Ouro Preto revela sequelas da doença
Curado do coronavírus, Dinho Ouro Preto revela sequelas da doença - Reprodução/ Globo

Nesta quinta-feira, 9, Dinho Ouro Preto participou do programa Encontro com Fátima Bernardes e comentou sobre o novo coronavírus.

O músico, que já se curou da COVID-19, revelou como está lidando com as sequelas da doença. "Em um primeiro momento, tive problemas ligados à respiração. Tentei correr e quase tive um troço. Tenho a impressão que a recuperação do pulmão foi um pouco mais demorada do que eu antecipava. Fiquei com problemas nas cordas vocais, tive dificuldade de cantar, cheguei a fazer umas sessões de fono para recuperar a minha voz", disse.

Em seguida, Dinho também comentou sobre sua capacidade atlética já não é mais a mesma. "Antes eu corria diariamente, eu ainda não voltei à forma de antes. Mas está tudo bem. Eu tive uma versão moderada do vírus".

Ele também disse que está tudo bem e considera que teve a versão moderada do vírus. "Não tive versão assintomática, não tive sequer uma versão leve. Acho que tive uma versão mediana. Tive 15 dias de febre, dificuldade de respirar no final. Mas me recuperei sem ser necessária a hospitalização. E o único remédio que tomei foi contra febre.", explicou.

Nos últimos anos, Dinho Ouro Preto teve outros problemas de saúde e os superou. O cantor teve dengue e gripe suína, além de se recuperar de uma queda de um palco de três metros de altura e uma infecção hospitalar que adquiriu durante a internação após o acidente.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI