Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Coronavírus » Coronavírus

Exames de Bolsonaro entregues ao STF testam negativo para coronavírus

STF divulgou exames do presidente, feitos com os pseudônimos de Airton Guedes e Rafael Augusto Alves da Costa Ferraz e o codinome 'Paciente 05'

Máxima Digital Publicado em 13/05/2020, às 17h14

Exames de Bolsonaro entregues ao STF testam negativo para coronavírus
Exames de Bolsonaro entregues ao STF testam negativo para coronavírus - Instagram

Nesta quarta-feira, 13, os resultados dos exames do presidente Jair Bolsonaro foram divulgados. Laudos entregues pelo governo ao Supremo Tribunal Federal (STF) indicam que o presidente teve resultado negativo nos exames para o novo coronavírus. Ele realizou três exames.

Os exames  foram divulgados após uma longa queda de braço entre o Planalto e o jornal O Estado de S. Paulo, que acionou a Justiça para ter acesso aos testes de covid-19 feitos pelo presidente. Entretanto, ao perder no STJ, levou o caso até o Supremo.

O relator do pedido, o ministro Ricardo Lewandowski, determinou que os exames - enviados para ele pela Advocacia-Geral da União (AGU) na terça-feira, 12, fossem juntados ao processo, que é público.

Antes, o presidente já tinha anunciado os resultados negativos em redes sociais, mas se recusava a mostrar os laudos comprovando.

Os três exames usaram o método PCR, considerado mais eficaz porque rastreia o material genético do coronavírus. Ele identifica bem a Covid-19 a partir dos primeiros três dias de sintomas – diferentemente do teste rápido, que tem eficácia maior após o 10º dia de sintomas.

Segundo ofícios anexados pela AGU no Supremo, foram utilizados nos laudos nomes de terceiros para preservação da imagem e privacidade do presidente da República e por questões de segurança. Vale frisar que o CPF e a data de nascimento nos papéis são, de fato, de Bolsonaro.

 

]

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI