Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Aprenda a driblar a dor nas articulações sem medicamentos

Entenda por que o problema é tão comum (ele atinge cerca de 15 milhões de brasileiros!) e aprenda a contorná-lo

Texto: Diane Neubüser Publicado em 12/04/2016, às 10h09 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Aprenda a driblar a dor nas articulações sem medicamentos
Aprenda a driblar a dor nas articulações sem medicamentos - Shutterstock
Já reparou que a gente só consegue mexer o corpo graças às articulações? E é justamente por causa do movimento constante das nossas dobradiças (localizadas nos joelhos, cotovelos, dedos...) que as lesões são tão comuns. A dor pode surgir devido ao esforço excessivo (aquela corridinha a mais no fi m de semana, por exemplo) ou resultar de doenças como artrite reumatoide, bursite, gota e tendinite, entre outras. “O processo degenerativo causado pelo envelhecimento agrava o quadro”, diz o médico Luiz Fernando Cocco, coordenador do Centro de Ortopedia do Hospital Samaritano de São Paulo (SP). 

Mas engana-se quem pensa que a dor nas juntas é exclusiva da terceira idade. A sensação de desconforto e rigidez pode atingir os mais jovens — e sempre que for persistente e vier acompanhada de febre, limitação de movimento e perda de peso, o ideal é consultar um médico. Além de remédios, ele pode indicar exercícios de fisioterapia, RPG ou musculação, que fortalecem a musculatura e evitam o atrito nas articulações. Enquanto for uma dor suportável e de origem conhecida, veja aqui como aliviá-la naturalmente.

Alimentos indispensáveis

1. Inclua no prato itens ricos em antioxidantes, como chá-verde, azeite, frutas vermelhas e oleaginosas. “Eles melhoram a renovação celular dos tecidos das articulações”, garante a nutróloga Liliane Oppermann (SP).

2. O ômega 3 é outra escolha certeira. “Ele tem propriedades anti-inflamatórias, além de reduzir a rigidez e as dores articulares”, explica a profissional. Ela recomenda consumir, diariamente, um alimento fonte da substância, como peixes, chia e linhaça.

3. Um estudo realizado pela Universidade de Miami, nos Estados Unidos, revelou que o gengibre atua diretamente sobre as articulações, reduzindo o inchaço e aliviando a dor. De acordo com a nutróloga, o ideal é tomar, todos os dias, duas cápsulas da raiz concentrada ou duas xícaras de chá, uma de manhã e outra à noite.

Torça o nariz

Evite alimentos ricos em açúcar, glúten, sódio e gorduras saturadas. Todos esses ingredientes aumentam o inchaço e as dores e contribuem para a rigidez articular. Na prática, reduza o consumo de bolos, pães, alimentos congelados, carnes cheias de gordura, embutidos...

Alívio em compressa 

Aplique uma bolsa de gelo na área afetada durante 15 minutos, de três a cinco vezes ao dia, ou durante as crises de dor. “O frio reverte processos inflamatórios e dá uma anestesiada local”, explica Cocco.






ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI