Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

7 hábitos saudáveis para emagrecer com saúde

Especialistas ensinam como eliminar peso de maneira fácil e benéfica para o corpo

Redação EdiCase Publicado em 23/03/2023, às 14h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Adotar hábitos de vida saudáveis ajuda a combater o ganho de peso (Imagem: Panumas Yanuthai | Shutterstock)
Adotar hábitos de vida saudáveis ajuda a combater o ganho de peso (Imagem: Panumas Yanuthai | Shutterstock)

A adoção de hábitos saudáveis é fundamental para quem deseja emagrecer de forma efetiva e duradoura. A alimentação balanceada, aliada à prática regular de exercícios físicos, é a chave para atingir esse objetivo. Além disso, é importante ter disciplina e paciência, pois a mudança de hábitos pode levar tempo e exigir esforço. Mas os benefícios são inúmeros, desde a melhora da autoestima e da qualidade de vida, até a prevenção de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão. A seguir, confira como inserir no seu dia a dia hábitos de vida mais saudáveis!

1. Treine o seu cérebro

Pensar nos benefícios de uma atividade para o seu bem-estar e qualidade de vida é o ponto de partida. Segundo a psicóloga Idalina Alves de Abreu, é possível treinar o cérebro para emagrecer e se manter magro. 

“Pesquisadores da Universidade McGill, no Canadá, chegaram à conclusão que é possível adaptar o cérebro; o problema é que as pessoas iniciam regimes sem antes planejá-los. A primeira tarefa da terapia cognitiva é refletir. Por que a necessidade de perder peso? Quais serão os benefícios? Eu tenho fome ou tenho gula? Essas questões são importantes para o início de qualquer mudança”, garante. 

2. Vá de escadas

Para quem mora em apartamento ou trabalha em edifícios com elevadores, uma dica é substituí-los pelas escadas. De degrau em degrau, você movimenta as pernas, os glúteos e ainda faz um trabalho aeróbico considerável. O ideal é que a escada seja utilizada para subir e descer, como uma espécie de treino intercalado. Mas, lembre-se: jamais use saltos e prefira roupas confortáveis na hora da prática. 

3. Crie motivos para caminhar

Desça do ônibus um ponto antes de seu trabalho e caminhe a pé até o seu destino. “Em 15 minutos de caminhada, você pode gastar em média 61 calorias; tudo depende da intensidade do exercício”, diz o personal trainer especializado em Fisiologia do Exercício, Givanildo Matias. 

4. Finais de semana ativos

Uma corrida no parque junto à natureza ao invés do cineminha. Há coisa mais libertadora? E você ainda elimina calorias! Segundo Ana Dâmaso, doutora em Ciências da Nutrição, Obesidade no Ciclo Reprodutivo e Obesidade na Adolescência, finais de semana que incluam atividades físicas são importantes, pois podem ajudar na redução do volume de células de gordura no sangue, além de aumentar o bem-estar. 

Mulher comendo salada de frutas
Alimentação nutritiva melhora o funcionamento do corpo (Imagem: Billion Photos | Shutterstock)

5. Mude sua alimentação

É como diz a frase: você é o que você come. Que tal escolher uma alimentação mais nutritiva e menos calórica? “O corpo responde a quem abandona frituras, o uso abusivo de açúcar e substitui sua alimentação por outra mais rica em nutrientes”, afirma a nutricionista Adriana Lúcia. 

Ainda de acordo com a profissional, os benefícios para o corpo são muitos. “O intestino passa a funcionar sem inchaços. A pressão arterial melhora, principalmente em pacientes hipertensos. Há um equilíbrio da glicose e do colesterol, sem falar na sensação de leveza que reflete no sono. Pessoas que se alimentam bem também dormem muito melhor”, detalha. 

6. Durma bem

Você sabia que dormir pode reduzir a fome? Segundo Ana Dâmaso, dormir em média 8 horas por noite pode contribuir para o controle dos hormônios que regulam a fome. “Pessoas que apresentavam quadros de obesidade e, até mesmo, adolescentes que dormem menos de sete horas ao dia têm preferência por alimentos ricos em gordura”, explica. 

7. Dance!

Saiba que também é possível eliminar peso dançando! A personal trainer Katia Casco Yoshida garante que em 40 minutos uma mulher pode gastar até 300 calorias em uma dança aeróbica monitorada por um profissional.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!