Máxima
Busca
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Conheça as causas da dor de cabeça e veja como prevenir

Entenda os motivos do desconforto e quais são os principais tipos de cefaleias

Redação EdiCase Publicado em 05/04/2023, às 13h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Consumir álcool e pular as refeições são atitudes que podem favorecer a dor de cabeça (Imagem: Irina Danyliuk | Shutterstock)
Consumir álcool e pular as refeições são atitudes que podem favorecer a dor de cabeça (Imagem: Irina Danyliuk | Shutterstock)

A dor de cabeça mais comum, geralmente, é causada por músculos tensos nos ombros, no pescoço, no couro cabeludo e na mandíbula. Esse tipo de dor é chamado cefaleia por tensão ou cefaleia tensional. A seguir, confira as causas desse incômodo e como preveni-lo.

Causas mais comuns da dor de cabeça

Excesso de trabalho, horas de sono insuficientes, pular refeições e consumir álcool podem favorecer a dor de cabeça. Outro fator importante que contribui para esse mal são os cheiros fortes. “Qualquer cheiro forte, seja de perfume, comida, tinta ou outro qualquer, pode desencadear a enxaqueca para quem já tem tendência, assim como excesso de barulho e luminosidade”, explica o médico neurologista Dr. André Felício.

Alimentos que podem causar dor

A alimentação feita de maneira inadequada também pode causar o problema. Os alimentos que favorecem o aparecimento da dor são: queijo, chocolate, sal e cafeína em excesso.

Tipos de dores de cabeça

 O termo cefaleia engloba todas as dores de cabeça existentes. Veja os principais tipos:

Cefaleia em salvas

É uma dor de cabeça muito dolorosa, que tende a ocorrer várias vezes por dia durante meses e, depois, sumir por um período semelhante. É menos comum do que outros tipos de dor de cabeça.

Mulher sentada com as mãos nos olhos e cabeça baixa
Inflamação nos olhos pode causar a cefaleia por sinusite (Imagem: G-Stock Studio | Shutterstock)

Cefaleia por sinusite

Pode causar dor na parte frontal da cabeça e no rosto. Ela ocorre por causa de inflamações nos seios da face, atrás das bochechas, do nariz e dos olhos. A dor de cabeça, nesse caso, é pior quando se inclina para frente e ao acordar de manhã.

Enxaqueca

A enxaqueca é um dos tipos de cefaleia que se caracteriza por uma dor pulsátil em um dos lados da cabeça (às vezes dos dois), geralmente acompanhada por náusea e vômito. A duração da crise varia de 4 a 72 horas. A enxaqueca é predominante em pessoas com idades entre 25 e 45 anos, sendo que, após os 50 anos essa porcentagem tende a diminuir, principalmente em mulheres.

Evite esse problema 

A fim de evitar a enxaqueca, o neurologista André Felício aconselha afastar o consumo de queijos amarelos e outros derivados do leite, bem como produtos enlatados, molho vermelho e bebidas alcoólicas. Cabe ressaltar que essa lista de alimentos pode desencadear dor em alguns indivíduos, ou seja, existem variações individuais.

Previna-se

Alguns alimentos são essenciais para a prevenção da enxaqueca. “Alface, tomate, grãos integrais, salmão e queijo branco são alimentos que podem auxiliar no tratamento”, indica o Dr. André Felício. “Vale lembrar que o uso abusivo dos analgésicos perpetua um ciclo vicioso de sensibilização periférica e central, levando ao efeito rebote (volta da dor) e auxiliando a perpetuar a enxaqueca”, alerta o neurologista.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!