Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » JUSTIÇA

Acusado de estupro e agressão, Neymar Jr. tem bens bloqueados pela justiça

O jogador do PSG teve imóveis e empresas confiscados no processo por sonegação fiscal

Máxima Digital Publicado em 17/06/2019, às 09h57 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Neymar Jr.
Neymar Jr. - Reprodução/Instagram

Não está nada fácil para Neymar Jr. e sua família.

Além de estar respondendo processo pela acusação de estupro e agressão pela modelo Najila Trindade, o jogador do PSG sofreu uma lesão no tornozelo e está fora da Copa América pela seleção brasileira.

Agora, o atacante tem mais um problema.

Desta vez, o ex de Bruna Marquezine está envolvido em uma polêmica com a Receita Federal.

De acordo com o jornal 'Folha de São Paulo', mais de 30 imóveis e empresas do artista e de sua família, foram bloqueados no processo por sonegação fiscal.

Entre os bens, estão duas mansões de luxo em Guarujá, no litoral de São Paulo.

Segundo o jornal, a dívida do jogador chega a R$ 69 milhões.

ACUSAÇÃO DE ESTUPRO EM PARIS

Neymar Jr. compareceu a 6ª Delegacia de Defesa da Mulher na Zona Sul de São Paulo, na tarde da última quinta-feira, 13, para de depor sobre o a acusação de estupro e agressão contra a modelo Najila Trindade Mendes de Souza.

O jogador do PSG ficou por 3 horas sendo ouvido pela polícia.

"A verdade aparece cedo ou tarde. O único desejo que eu tenho agora é que esse caso acabe mais rápido possível", disse ele ao deixar o local.

A delegada Juliana Bussacos mostrou para o craque o resultado do laudo de exame de corpo de delito indireto feito pelo IML, a partir do documento de um médico particular que a modelo entregou à polícia.

O relatório em questão não concluiu se houve ou não estupro, mas, alegou que as lesões no corpo da loira são compatíveis com a data do encontro dos dois em Paris, na França.

O 'Jornal Nacional', da TV Globo, divulgou que durante o depoimento, Neymar negou ter feito sexo sem o consentimento de Najila e usou preservativo.

O ex de Bruna Marquezine ainda revelou que deu tapas a pedido dela, e que foi ela quem posou para a fotografia das nádegas.

SUPOSTAMENTE BÊBADO

O atacante confirmou que tinha bebido no dia do 1º encontro, mas que foi apenas 1 dose, pois tinha acabado de sair de um treino.

O irmão de Rafaella Santos contou que Najila dizia que o amava e queria casar com ele. E então, ele falou para as delegadas:

“Como ela pode me amar se nem me conhecia direito?”.

SEGUNDO ENCONTRO

A intenção do atleta no segundo encontro, era levar a modelo a uma balada.

Porém, ela começou a agredi-lo, o que o fez ir embora do hotel. 

Durante o surto da moça, em momento algum ela disse ter sido estuprada, masque tinha ficado sozinha e que ela não era mulher de ficar sozinha.

PIOR MOMENTO DA CARREIRA

Ao fim do depoimento Neymar Jr. chorou ao falar sobre o que vem passando após o episódio no hotel em Paris. 

"É o pior acontecimento da minha vida, nenhuma lesão se compara a isso".

O ídolo do futebol também contou que Davi Lucca, seu filho de 7 anos, não pode ir à escola porque os amigos dizem que ele é filho de um estuprador.

Ao sair da sala de depoimento, o artista falou rapidamente com a imprensa:

"Vou ser breve hein. Só agradecer ao apoio e carinho de todo mundo que está me mandando as mensagens. Todas as mensagens que recebi até hoje. Estou muito tranquilo".

 

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI