Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » AGRESSÃO

Advogado revela que Henri Castelli começou briga após dar soco em olho de empresário: “Laudo de um derrame”

Lucas Doria, profissional representante de Guilherme Aciolly e Bernando Malta, contou a versão dos empresários ao jornal 'Extra'

MÁXIMA DIGITAL Publicado em 14/01/2021, às 10h53

Lucas Doria deu a versão de empresários sobre briga com Henri Castelli
Lucas Doria deu a versão de empresários sobre briga com Henri Castelli - Instagram

O advogado dos dois rapazes que se envolveram em uma briga com Henri Castelli em 30 de dezembro de 2020, em Alagoas, revelou que o ator iniciou as agressões após dar um soco no empresário Guilherme Aciolly

As informações foram divulgadas pelo jornal ‘Extra’. 

De acordo com Lucas Doria, profissional que representa Guilherme e Bernardo Malta judicialmente, o artista estava alterado e começou a confusão por não ter gostado de uma festa. 

Conforme divulgado pela defesa das duas figuras, que são muito conhecidas na região, Malta, que é dono da casa de festas Café de la Musique, teria emprestado uma lancha para Henri e amigos irem a uma festa e em troca o ator faria divulgação do estabelecimento no dia seguinte. 

Ele adorou essa festa que aconteceu no dia 29 de dezembro. No dia 30, foram cedidos para ele 15 ingressos para uma outra festa no Café de la Musique. Ele foi, e a festa não estava tão badalada. Ele saiu e foi para Barra de São Miguel, na Marina, onde estava acontecendo uma outra festa”, disse o advogado. 

Nesse momento, Castelli teria se dirigido a Bernardo para reclamar, visivelmente exaltado, que a festa não estava boa. “Bernardo conversou com ele, mas Henri estava alterado e os dois discutiram”, contou Doria. 

A briga teria começado a ficar séria, até que Aciolly, que estava ao lado de Malta, tentou intervir. “Foi aí que Henri Castelli deu um soco que atingiu Guilherme [Aciolly], que só revidou. Henri tentou agredir Bernardo [Malta], o soco pegou no amigo Guilherme, que estava com ele no local. Esse amigo reagiu de forma instintiva, recebeu um soco e deu outro em sequência”, revelou o profissional.

“Não posso afirmar que ele estava embriagado sem que um laudo venha atestar isso. Apesar de todo mundo dizer que ele estava totalmente alterado. Acredito que ele não estava no seu estado normal”, completou ele. 

A defesa do empresário disse ainda que Guilherme Aciolly teve um derrame no olho decorrente do golpe que levou de Castelli. “Ele foi ao médico no dia seguinte e recebeu o laudo de um derrame no olho”, afirmou o advogado. 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI