Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Forte!

Anitta desabafa sobre tragédia em Paraisópolis e relembra o início de sua carreira: ''Se fosse uns anos atrás podia ter sido eu''

Com a tragédia em Paraisópolis, Anitta relembra o começo de sua carreira em bailes de favela

Máxima Digital Publicado em 03/12/2019, às 17h41 - Atualizado às 18h04

Com a tragédia em Paraisópolis, Anitta relembra o começo de sua carreira em bailes de favela
Com a tragédia em Paraisópolis, Anitta relembra o começo de sua carreira em bailes de favela - Instagram

Anitta soube do acontecimento trágico na favela de Paraisópolis e não deixou de fazer um desabafo nesta terça-feira, 3, em sua conta no Instagram.

Larissa, seu nome de nascença, iniciou sua carreira no funk cantando em bailes de favela. Assim, ela quis se pronunciar em relação ao incidente que aconteceu em um desses pancadões que fizeram parte de seu passado.

De acordo com o G1, nove pessoas foram mortas e doze gravemente feridas no bairro de Paraisópolis por terem sido pisoteadas em um baile funk.

"A única coisa que eu consigo pensar é que se fosse uns anos atrás podia ter sido eu, minha mãe e meu irmão. Uma das coisas que a gente mais fazia quando eu tava começando a cantar era cantar em baile de favela. Podia ter sido um de nós. Sem palavras", começou, abalada.

"O fato de ser uma festa com a presença de drogas ilícitas e criminosos não justifica o fato de você sair entrando e atirando. E se eles tivessem entrado em um super festival respeitado? Iam sair entrando e atirando?", continuou.

A cantora ainda concluiu seu pensamento sobre o preconceito com a carreira relacionada ao funk: "Porque pras pessoas é vagabundo, é música de baixo conteúdo, é gente que não tem o que fazer. É complicado o preconceito".

Confira as imagens dos Stories da famosa:

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI