Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Falou tudo

Anitta rebate motorista de app que usou "shorts de Anitta" para justificar assédio: "Pra mim, significa que ela é independente"

Em seu Twitter, a cantora defendeu a atitude da adolescente em denunciar o caso

Máxima Digital Publicado em 19/02/2020, às 15h19

Anitta se posicionou sobre o caso da adolescente vítima de assédio
Anitta se posicionou sobre o caso da adolescente vítima de assédio - Instagram

A cantora Anitta resolveu se posicionar em suas redes sociais sobre o caso da adolescente que foi assediada dentro de um carro de aplicativo.

Tudo começou, porque uma menor de idade denunciou que foi assediada dentro de um dos carros que pegou e o motorista fez questão de rebater à acusação. Ele alegou que a jovem estava usando um 'shorts tipo Anitta' e deixou claro que o tamanho da roupa dela teria justificado o assédio.

Diante de tudo isso, na tarde desta terça-feira, 18, a cantora saiu em defesa da jovem em seu Twitter. "Acabei de receber este vídeo onde o motorista de Uber, que assediou uma passageira menor de idade, tenta justificar o injustificável (seu assédio) dizendo que a menina estava usando um short "tipo Anitta" e sentada numa posição favorável ao assédio", escreveu. 

A morena reiterou que não existe explicação para violência: "Nada justifica um assédio. A forma de se vestir, sentar, falar etc. Não significa qualquer autorização ou pedido ou convite a ser assediada e/ou invadida, abusada, estuprada, etc.".

A dona do hit Vai Malandra exaltou a coragem dela de denunciar a situação e o poder da adolescente em ser livre quanto as suas escolhas: "Quanto à menina estar usando um short "tipo Anitta", pra mim, significa que ela é independente, não tem medo de ser quem ela quer e, acima de tudo, bem inteligente pra denunciar e expor um assediador para que outras meninas não passem pelo mesmo que ela".

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI