Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » CASO NEYMAR JR.

Após arrombamento, Najila Trindade afirma que ''a polícia está comprada''

A modelo de detalhes da noite com o craque em entrevista concedida ao SBT

Máxima Digital Publicado em 11/06/2019, às 11h57 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Najila Trindade
Najila Trindade - Reprodução/Instagram

Najila Trindade concedeu mais uma vez, uma entrevista à mídia para falar sobre a acusação de estupro contra Neymar Jr.

Agora, a modelo conversou com o SBT, e revelou detalhes da noite em que passou com o atacante do PSG. A entrevista foi divulgada na noite desta segunda-feira, 10, mesmo dia em que seu advogado, Danilo Garcia, anunciou que estava abandonando o caso.

Durante a conversa, Najila contou como o jogador conseguiu tirar uma foto sua nua:

"Quando saí do banho, me sequei e nua eu fui em direção da cama. Foi a hora que ele estava mexendo no frigobar, me empurrou e bateu a foto. Do meu corpo, da minha bunda, que todo mundo viu. Acho que fez aquilo para mostrar para os amigos da festa que estava indo, talvez. Ele saiu falando ‘te mando (a foto)’. Acho que nem ele lembra que me mandou. Ele foi e em alguns minutos recebi a foto", iniciou.

E estudante de Design também chegou a dizer que a polícia está "comprada", pois segundo ela, após o arrombamento de seu apartamento na Zona Sul de São Paulo, a perícia constatou apenas digitais da modelo e da funcionária que trabalha com ela.

"A polícia está comprada, né? Ou não? Ou eu estou louca?", questionou a loira.

A jovem de 26 anos também alega estar com síndrome do pânico por conta do julgamento que as pessoas vem fazendo em relação a ela, e que de vítima, passou a ser criminosa:

"Muito (julgada e injustiçada). Muito. Que isso tudo pareça uma armação (o que a mais incomoda). Ninguém está olhando para o lado humano da coisa. Ninguém está pensando ‘e se foi verdade?’, ‘se ela está com psicológico todo ferrado, sofreu ameaças?’. Como eu ia fazer uma acusação falsa de uma pessoa que é mundialmente famosa? Eu não fiz isso para ficar famosa, para ter escândalo. Não achei que ele fosse fazer aquilo. Não consegui ver tudo. Ele me expôs de uma maneira ridícula. Ele quis passar que sou uma puta, aproveitadora. Então de imediato ele já quis me humilhar. Mais uma vez".

TERCEIRO ADVOGADO A ABANDONAR O CASO

Danilo Garcia de Andrade, o terceiro advogado de Najila Trindade no caso contra Neymar Jr., anunciou nesta segunda-feira, 10, que está abandonando a causa e que não irá mais representar a modelo.

O profissional deu uma entrevista ao SBT:

“Devo me tirar do processo. Sim, estou anunciando oficialmente nesta entrevista (…) Não sou mais advogado de Najila”, iniciou.

“Houve um incidente de um eventual arrombamento ao apartamento dela, e nesse incidente ela alega que haveria um tablet. E ela disse que pegou uma marcação de rastreamento desse tablet, e que ele estaria na avenida que é o meu escritório. Ela foi muito enfática, e um cliente não deve colocar a idoneidade de um advogado (em suspeita). Ainda mais um advogado que sai de uma delegacia carregando ela nos braços. A minha idoneidade moral está acima de qualquer valor”, finalizou.

ACUSAÇÃO DE ESTUPRO 

A modelo conheceu o craque pelo Instagram:

"Mandei uma imagem para ele, mas não foi nude. Ele respondeu, e começamos a conversar. Um tempo depois, ele pediu meu whatsapp e eu passei".

Questionada por Cabrini como a conversa se desenrolou, ela disse que sempre teve desejo em ter relações sexuais com o jogador:  

“Conversei com ele como uma pessoa comum, com intuito sexual, era um desejo meu e ficou claro pra ele isso”.

Najila foi à Paris, na França, se encontrar com o craque -- tudo pago por ele. Ao chegar no hotel, o atacante do PSG e a estudante de Design trocaram carícias, e ela perguntou se ele tinha preservativo. Ele respondeu que não, e os dois continuaram se acariciando.

Segundo a loira, instantes depois, Neymar a virou de bruços e “cometeu o ato” enquanto “batia na minha bunda violentamente”, mesmo com ela pedindo, por diversas vezes, para que parasse.

OUTRO ADVOGADO QUE LARGOU O CASO

“O advogado não estava acreditando totalmente em mim e senti preconceito da parte dele. Porque ele disse pra mim que ‘vai ter que cortar a unha’. Deu a entender: ‘você não foi estuprada, fez porque você quis, então vou isentar essa parte. Vou usar agressão porque tenho as provas que são as fotografias’. Acho que ele só acreditou em mim porque ele viu a foto que o próprio Neymar mandou pra mim”, contou ela.

CONVERSAS PÓS CRIME

Najila Trindade alegou ter continuado as conversas após o estupro para que pudesse provar o que aconteceu naquele quarto de hotel:

"Continuei conversando para que ele não parasse de falar comigo, e assim eu conseguisse provar tudo que ele fez. Eu quero justiça".

SITUAÇÃO FINANCEIRA

A modelo confirmou estar endividada, e que deve R$ 4 mil reais a uma universidade que estudava

Ao final da entrevista, ela deixou claro que espera por justiça e que ele pague por tudo que fez a ela. 

Alegando não querer o dinheiro do artista, a jovem chegou a dizer que não precisa de Neymar para pagar suas contas:

"Existem maneiras mais fáceis de conseguir dinheiro. Não precisaria desse auê todo".

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI