Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Maternidade

Após se afastar das redes sociais, Mayra Cardi conta que filha está doente e preocupa: "É desesperador"

A coach usou suas redes sociais para explicar o que está acontecendo com Sophia e contou que está atenta o tempo inteiro

Máxima Digital Publicado em 19/05/2020, às 11h38

Após se afastar das redes sociais, Mayra Cardi conta que filha está doente
Após se afastar das redes sociais, Mayra Cardi conta que filha está doente - Instagram

Mayra Cardi se afastou das redes sociais nos últimos dias por um motivo muito importante. Sua filha está doente e, como toda mãe, ela está cuidando da pequena o dia inteiro.

Por meio dos stories de seu Instagram oficial, a coach explicou na manhã desta terça-feira, 19, o que está acontecendo com Sophia. Para enfrentar esse momento complicado, a mãe de seu ex-marido Arthur Aguiar está ajudando em sua casa. Ao chamá-la, sem querer, de sogra, Mayra explicou que não pretende ter mais sogras pelos próximos 6 anos.

"Não queria me relacionar com ninguém, nem seriamente, nem de nenhum jeito. Eu não gostaria de me relacionar com ninguém durante um 6 anos porque eu quero esperar minha filha crescer. Até mesmo porque ela é uma menina, menina é muito mais complicada do que homem, então eu quero só ficar vivendo para ela e pro meu trabalho durante uns 6 anos da minha vida. Vamos ver se eu vou conseguir..." revelou.

Sobre a pequena que está doentinha, a influenciadora digital contou: "Sophia está com um febrão bizarro. A gente está sendo assistido pelos pediatras por vídeo porque inicialmente eu não queria levar ela no médico por causa do Corona e eu sou cagona. Ela faz febrão de praticamente 40 graus, a gente dá o remédio, a febre baixa e fica controlada de 4 em 4 horas. É punk".

Por conta da febre alta, Mayra precisa estar atenta o tempo inteiro: "Durante a madrugada é complicado, porque eu tenho muito medo de criança convulsionar então eu fico acordando. Eu sei que durante as 3 primeiras horas do remédio não vai dar nada, então eu consigo descansar (...) Quando o efeito do remédio passa, eu tenho que ficar controlando que horas a febre vai subir".

A maior preocupação é a rapidez que a febre sobre, o que influenciadora também na noite da mãe: "Quando ela chega em 37,5, ela sobre pra 39,5 em questão de menos de 10 minutos, ou seja, eu tenho que controlar a cada 10 minutos (...) Ou seja, eu não durmo. (...) É desesperador. Aí eu estou uma bagaceira, por isso eu me afastei daqui".

Mayra levou a caçula ao médico, mas ainda não foi descoberto o que Sophia tem: "Eu estou muito preocupada, obvio, como toda mãe, com o que ela tem. Ontem a gente foi no médico, eu fiz tudo o que podia, porque ela fala que tem 'dodói coco', ela aponta a barriga e a bundinha. A única coisa que eu ainda não fiz, que eu deixei para fazer hoje, no limite, é exame de sangue, porque eu sofro só com a ideia de ficar pensando que vai ficar furando a veia dela, mas eu sei que é necessário."