Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Criticado

Após tantas críticas, MC Gui opta por excluir pedido de desculpas das redes sociais

MC Gui exclui das redes sociais pedido de desculpa por vídeo polêmico

Máxima Digital Publicado em 22/10/2019, às 17h18 - Atualizado às 17h32

MC Gui exclui vídeo das redes sociais
MC Gui exclui vídeo das redes sociais - Instagram

MC Gui foi duramente criticado por filmar uma criança em um trem de Orlando na última segunda-feira, 21, e foi mais condenado ainda pelas desculpas que deu por ter cometido o ato.

Acontece que ele decidiu se retratar no Instagram, com um vídeo pedindo desculpas, mas a situação só piorou.

No registro, o funkeiro chegou a dizer que sua intenção não foi cometer o bullying em nenhum momento, mas os seguidores não aceitaram a explicação. "Claramente eu estou aqui para pedir desculpas para as pessoas que interpretaram da forma errada. Essa jamais foi minha intenção. Eu tenho afilhados, primos, crianças, irmã, mãe. Tenho uma família que me deu muito respeito. Desculpa para quem se sentiu constrangido, essa jamais foi a minha intenção", disse ele.

Com a repercussão negativa do vídeo, após algumas horas com ele no ar, o artista decidiu retirá-lo das redes sociais -- talvez para tentar abafar o caso. 

ENTENDA O CASO

MC Gui se envolveu em uma grave polêmica e passou a ser um dos nomes mais comentados na última segunda-feira, 21. 

Tudo começou porque o funkeiro praticou bullying contra uma criança que estava em trem em Orlando, nos Estados Unidos. 

O cantor postou em seus stories do Instagram um vídeo em que filmou e expôs o rosto de uma criança enquanto dava risada de sua aparência.

Internautas imediatamente usaram as redes para reprovar a atitude do cantor, que precisou se explicar.

Após receber duras críticas, o MC de 21 anos teve show cancelado em Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul e loja deixou de vender roupas da marca do cantor. 

Ele faria uma apresentação organizada por uma escola de idiomas no dia 31 de outubro, no entanto, após o escândalo de Orlando, a empresa se pronunciou e justificou ao dizer que por questões éticas o evento não terá a presença dele. 

"O CNA Idiomas Três Lagoas/MS através desse post, informa que foi solicitado o cancelamento do show do cantor MC Gui, que seria realizado no próximo dia 31 de outubro de 2019 em nosso evento do Halloween, por esse motivo também excluímos o post que anunciava o evento.
Reforçamos que Ética e respeito fazem parte dos valores da nossa empresa e qualquer situação que vá contra nossos princípios em nenhuma hipótese é aceita.", escreveu a empresa em sua página no Facebook. 

A marca Black Nine também anunciou via Instagram que não venderá mais roupas da marca do funkeiro.

Veja!

 

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI