Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Esclarecimento

Assessoria de Anitta se pronuncia após jornalista insinuar que a cantora teria raspado o cabelo por obrigação religiosa

Segundo Gabriel Perline, a desculpa que dá pelos cabelos artificiais é a investida no mercado gringo

Máxima Digital Publicado em 10/11/2020, às 14h25

Assessoria de Anitta se pronuncia após jornalista insinuar que a cantora teria raspado o cabelo por obrigação religiosa
Assessoria de Anitta se pronuncia após jornalista insinuar que a cantora teria raspado o cabelo por obrigação religiosa - Reprodução/ Instagram

Nos últimos tempos, a cantora Anitta tem apostado nas famosas laces - perucas super reais - para as várias mudanças de visual. Ela já escolheu toda rosa, platinada, morena, mecha chunky platinada e rosa.

O jornalista Gabriel Perline, editor do 'Notícias na TV', publicou em seu Twitter insinuando que ela teria raspado o cabelo para um ritual do candomblé, sem citar o nome da artista.

Segundo o jornalista, 'uma cantora 'poderosa' ficou careca há dois meses por religiosa. Ele ainda citou a carreira internacional desta artista. “A desculpa que dá por seus cabelos artificiais é sua ‘nova investida no mercado gringo’”, escreveu.

Por causa dos rumores, a assessoria de imprensa negou a informação veiculada. No texto, ainda aproveitaram para reforçar que Anitta repudia qualquer tipo de intolerância religiosa e que a cantora acredita que tais especulações são fruto de preconceito com a religião dela.

Nota de esclarecimento completa:

"Devido às especulações na imprensa de que Anitta raspou seu cabelo para cumprir compromissos religiosos, viemos a público afirmar que a informação não é verdadeira. A cantora, praticante do Candomblé, é uma “Ekedi” em sua religião. As Ekedis são suspensas para a iniciação, não precisando raspar a cabeça em sua preparação para servir aos Orixás. Anitta repudia qualquer tipo de intolerância religiosa, seja ela qual for, e acredita que tais especulações retratam um Brasil ainda repleto de discriminação e preconceito religioso. Mais uma vez a bpmcom lamenta que a imprensa não cumpra sua obrigação para com a verdade e apure os fatos antes de publica-los".

 

Confira a nota:

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI