Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos / Carreira

Carol Romano, a vilã Mariana de 'Além da Ilusão', estreia na TV em grande estilo: "Me sinto privilegiada"

A atriz Carol Romano falou sobre sua participação em 'Além da Ilusão'

Máxima Digital Publicado em 06/05/2022, às 19h00

Carol Romano, a vilã Mariana de 'Além da Ilusão', estreia na TV em grande estilo: "Me sinto privilegiada" - Divulgação
Carol Romano, a vilã Mariana de 'Além da Ilusão', estreia na TV em grande estilo: "Me sinto privilegiada" - Divulgação

Carol Romano está vivendo o sonho de toda atriz estreando em sua primeira novela como vilã, e apesar do desafio de estar no ar na maior emissora do país, encara como uma oportunidade de aprendizagem prazerosa.

"Sei que é uma grande responsabilidade, mas tento levar com leveza e enxergar o meu ambiente de trabalho como um lugar onde eu possa, principalmente, me divertir em cena.", disse.

Maquiavélica e espirituosa, a personagem Mariana vem conquistando os espectadores com suas peripécias. A atriz revelou que não tem muito em comum com a personagem a não ser a determinação e a passionalidade: "Mariana é uma pessoa muito determinada. E acredito que - assim como eu - mas de forma meio equivocada, siga seu coração.".

Carol se inspirou na personagem de Harry Potter Dolores Umbridge no processo de criação de Mariana;.

"Eu gosto muito de trabalhar com arquétipos. Acredito que mesmo no universo fantástico do Harry Porter podemos beber de muitas inspirações. A Dolores Umbridge, por exemplo, tem uma sede de poder e ao mesmo tempo uma sutil ironia que ressoaram sobre como eu percebia a Mariana - que tem a meu ver diversas contradições. A inspiração foi mais pela caricatura em si, mas não de forma exatamente psicológica. Partindo desse ponto, tive mais clareza da curva que se apresenta ao longo da trama.", falou.

A atriz já interpretou vilãs no teatro e no cinema e acredita que a dificuldade para interpretar vilões e mocinhos é a mesma, e que personagens da teledramaturgia estão cada vez mais distantes dos estereótipos maniqueístas.

"Cada vilão, assim como cada mocinha, tem suas particularidades. Assim como acredito que nem todo mocinho é 100% bom e nem todo vilão é 100% mal. Talvez a grande dificuldade de ambas esteja num paradoxo existencial.", disse.

Em seu primeiro trabalho com teledramaturgia a atriz já estreou ao lado de grandes nomes como Larissa Manoela, Bárbara Paz e Marisa Orth, debutando na TV em grande estilo.

"Eu sou muito grata pela oportunidade de trocar e aprender com cada um que cruza o meu caminho. Estar junto de atores que fizeram história não apenas no audiovisual como no teatro brasileiro é uma honra sem tamanho. Me sinto privilegiada por conviver com pessoas tão experientes e, ao mesmo tempo, tão generosas.", falou.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI