Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » CINEMA

Caso Richthofen terá dois filmes: um, baseado no depoimento de Suzane, e outro, no de Daniel Cravinhos

Suzane von Richthofen terá dois filmes, um, baseado em seu depoimento, e outro, no do ex, Daniel Cravinho

Máxima Digital Publicado em 18/09/2019, às 13h38 - Atualizado às 13h57

'A Menina Que Matou Os Pais'
'A Menina Que Matou Os Pais' - Reprodução/Instagram

O cinema nacional está lançando uns dos longas mais esperados pelos brasileiros. 

No primeiro semestre de 2020, o filme que conta a história do crime bárbaro realizado por Suzane von Richthofen e os irmãos Cravinhos, estará em cartaz nas telonas.

O que ninguém sabia, é que, o caso ganhará dois filmes: um, será 'A Menina Que Matou os Pais', que irá retratar os fatos baseados pelo depoimento de Daniel Cravinhos, e o outro, 'O Menino Que Matou Meus Pais', que será contado em base de tudo aquilo que Suzane afirma ter acontecido durante o planejamento da morte de seus pais, em 2002.

Na manhã desta quarta-feira, 18, a atriz Carla Diaz, que viverá a criminosa na ficção, usou seu Instagram para contar a novidade dos dois pontos de vista:

"Caso Richthofen terá dois filmes com pontos de vista de Suzane e de Daniel Cravinhos. 'A Menina que Matou os Pais' e 'O Menino que Matou Meus Pais' chegarão simultaneamente aos cinemas brasileiros no primeiro semestre de 2020. Complementares, as obras devem ser exibidas em sessões alternadas e duplas. Como os títulos sugerem, os longas vão narrar os acontecimentos entre 1999 e 2006, ano do julgamento do caso.
Mas o projeto não tem conexão direta com os réus — os roteiros foram inteiramente baseados nos autos do processo que os condenou a quase 40 anos de prisão. Cada filme vai trazer a narração baseada no que cada réu disse. Terão cenas espelho, nas quais o espectador vai perceber diferenças. Devido a contradições nos depoimentos de Suzane e Daniel, surgiu a dúvida: em quem acreditar?
Ps: os envolvidos do caso real não tem nenhuma ligação com a produção das obras e tampouco receberão por elas".

A legenda acima foi colocada em uma foto tirada durante as filmagens, em uma matéria feita pelo jornal 'Folha de S. Paulo'. 

Recentemente, Carla Diaz afirmou que não teria necessidade de conhecer Suzane para interpretá-la e se recusou a ir até a cadeia para o tal encontro.

Confira alguns momentos dos longas: