Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Paizão!

Cesar Tralli lamenta saudade da filha durante a quarentena e relembra dificuldades no relacionamento com Ticiane Pinheiro

O apresentador contou como anda sua rotina durante a quarentena e comentou sobre seu relacionamento com Ticiane Pinheiro

Máxima Digital Publicado em 02/06/2020, às 13h36

Cesar Tralli lamenta saudade da filha durante a quarentena
Cesar Tralli lamenta saudade da filha durante a quarentena - Instagram

Cesar Tralli está trabalhando ainda mais durante a quarentena causada pela pandemia do Coronavírus. Ele, que já apresentava o SP1 na TV Globo, agora também está substituindo Leilane Neubarth, que foi colocada em isolamento social, no Edição das 18h, da GloboNews.

Em entrevista concedida ao jornalista Mauricio Stycer, do UOL, Tralli contou que está trabalhando mais de 12 horas por dia e acaba aproveitando pouco tempo com a esposa Ticiane Pinheiro e a filha Manuella de 10 meses. "Mal consigo ver a minha filhinha que está com dez meses. Às vezes, eu saio de casa de manhãzinha, ela está acordando, eu dou um beijo nela. Eu já me peguei entrando no elevador e chorando de saudade", assumiu.

Sobre o seu casamento com Ticiane, o apresentador comentou sobre as diferenças de horários, personalidades e contou que isso já afetou o relacionamento, mas que hoje em dia entendem as limitações de cada um. Vale lembrar que os dois chegaram a se separar antes do casamento.

"Num primeiro momento, quando a gente começou a se relacionar, foi muito difícil, porque ela tinha uma dificuldade de entender as minhas limitações como jornalista. Mas ao longo do tempo, a Tici, que é uma mulher muito inteligente, bem-humorada, eu falo que ela é uma espécie de Nair Bello com Hebe Camargo dos tempos modernos. E a Tici é um pouco assim. Por ela ser muito inteligente, ela conseguiu entender os limites", explicou.

Por fim, Tralli apontou as diferenças nas carreiras dos dois e comentou como é a rotina em casa depois do dia de trabalho: "Então a gente tem uma relação muito legal. Ela tem o seu universo artístico. E eu tenho o meu universo jornalístico, que não tem nada a ver com o dela. Então, eu respeito muito ela, as coisas que ela faz, e ela respeita o meu trabalho, as minhas limitações. Eu acho que isso está indo muito legal, porque a gente não fala muito de trabalho em casa. E, quando a gente fala, ela sabe exatamente aquilo que eu posso falar, até onde eu posso ir, a maneira como eu posso me expor. Ela faz muita coisa nas redes sociais e eu tento cada dia mais ser discreto".