Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima

Claudia Rodrigues continua no CTI e estado de saúde é grave: ''Não reconhece nem a filha''

Atriz de 47 anos foi diagnosticada com esclerose múltipla em 2000

Máxima Digital Publicado em 22/03/2019, às 13h52 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Claudia Rodrigues
Claudia Rodrigues - Reprodução/Instagram

Claudia Rodrigues segue internada no CTI, Centro de Terapia Intensiva. A atriz está na Clínica São Vicente, localizada na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Em entrevista recente, Adriane, empresária de Claudia revelou que o quadro da atriz não é nada bom.

"Ela não está nada bem, não reconhece nem a filha, nem a mim. Está sem força e não fica em pé, nem anda", contou Adriane.

O diagnóstico de esclerose múltipla da ex-humorista foi dado no ano de 2000.

Em 2002, Claudia tocou a vida sem ter os sintomas da doença, e até realizou o sonho de ser mãe, dando a luz à Isa Hieatt no mesmo ano.

Em 2007, a situação de sua saúde piorou, e em 2016 ela passou por um transplante de células-tronco após ter tido um surto da doença.

Sua entrada no CTI foi dada na última quarta-feira, 20, assim que voltou de Salvador. O obejtivo da viagem à Bahia foi participar de um congresso médico fazendo a divulgação do canabidiol, a maconha medicinal.

Na última quinta-feira, 21, a empresária da artista enviou uma mensagem de voz ao programa de Sonia Abrão, na RedeTV!: 

"Infelizmente não tenho condições de falar ao vivo. Eu queria pedir a todas pessoas que tiverem me ouvindo agora que orem pela Claudia, orem pela recuperação dela. Ela é guerreira e vai sair dessa". 

ESCLEROSE MÚLTIPLA

Os sintomas mais comuns da doença são: visão dupla, dormência no corpo, disfunções no equilíbrio e no comportamento, dor, fadiga e comprometimento da coordenação motora.

Tratamento: fisioterapia e medicamentos ajudam a combater os sintomas e retardar a progressão da doença. A progressão da esclerose varia de pessoa a pessoa. 

Algumas pessoas podem não apresentar sintomas quase pela vida toda, enquanto outros têm sintomas crônicos e graves que nunca vão embora.

O tratamento ajuda, mas a esclerose múltipla não tem cura.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI