Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » JUSTIÇA

Eike Batista será julgado hoje por vender ações de empresa falida

A CVM tmabém irá decidir as punições de outros ex-diretores e ex-membros do conselho de administração da OGX e CCX

Máxima Digital Publicado em 27/05/2019, às 10h36 - Atualizado em 22/08/2019, às 01h40

Eike Batista
Eike Batista - Reprodução/Instagram

Eike Batista está sendo julgado na manhã desta segunda-feira, 27 por um processo que corre na Comissão de Valores Mobiliários (CVM, órgão que regula o mercado de capitais). 

A justiça definirá se o empresário vai ser responsabilizado por uso de informação privilegiada e prática de manipulação de preços na época em que era acionista controlador e presidente do conselho de administração da OGX Petróleo e Gás Participações S.A.

A CVM julgou uma última ação contra o empresário há cerca de dois anos, sendo em junho de 2017, quando o empresário foi multado em mais de R$ 21 milhões por 'insider information' (termo em inglês usado para definir o uso de informação privilegiada) com ações da OSX.

A acusação relata que Eike vendeu ações da empresa mostrava dificuldades de caixa, e previa cortes de custos, investimentos, e até a paralisação de obras no estaleiro e venda de ativos.

De acordo com os as informações do site da CVM, o caso aguarda julgamento no Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional (CRSFN).

A sessão de hoje é aberta ao público e ocorrerá no auditório da CVM, na Rua Sete de Setembro, nº 111/34º, no Centro do Rio de Janeiro.

Recentemente, Eike foi visto ao lado da mulher Flávia Sampaio, fazendo compras em um shopping de luxo da cidade carioca.

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI