Máxima
Facebook MáximaTwitter MáximaInstagram MáximaGoogle News Máxima
Famosos » Triste

Esposa de Eduardo Bolsonaro sofre aborto espontâneo no segundo mês de gestação e faz desabafo

Heloísa Bolsonaro escreveu desabafo após perder bebê com nove semanas de gestação

Máxima Digital Publicado em 03/11/2019, às 09h04 - Atualizado às 09h05

Carlos Bolsonaro e Heloísa Wolf
Carlos Bolsonaro e Heloísa Wolf - Instagram

Eduardo Bolsonaro, terceiro filho do atual presidente da república, e a esposa Heloísa Wolf passaram por momento difícil neste sábado, 02.

A nora de Jair Bolsonaro sofreu um aborto espontâne e perdeu bebê na nona semana de gravidez.

Em sua conta no Instagram, ela contou que descobriu ao realizar ultrassom que o coração do embrião parou de bater e a gravidez de mais de dois meses não evoluiu.

Recém casada, a jovem lamentou a perda do bebê e escreveu desabafo emocionante na rede social. 

Ela ainda contou que o casal estava tentando engravidar e descobriram a gravidez em setembro.

"Refleti bastante antes de tornar essa notícia pública. Resolvi dividir com vocês algo muito íntimo, mas que também é importante de ser falado. Muitas mulheres acabam passando por isso e guardando em segredo: por culpa, frustração, medo, tristeza, vários motivos. Eduardo e eu fomos hoje fazer minha segunda ultrassom transvaginal e descobrimos que minha gestação de 9 semanas não evoluiu. Tive um aborto espontâneo, o coraçãozinho do meu bebê já não bate mais aqui dentro. Divido com vocês, pois muitas famílias passam por isso e passa mil coisas pela cabeça, em especial da mãe. "Será que eu comi algo errado? Será que fiz alguma atividade física errada? Será que eu me estressei demais? Etc". Quando na verdade, estatisticamente, em torno de 20% das gestações são interrompidas até a 22ª semana. Descobri a gestação no final de setembro, havia sido nossa primeira tentativa de engravidar. Ficamos super felizes, já nos sentíamos pais desde então. Nossa família estava em festa com a novidade. Mas Deus tem seus planos e não cabe a nós questiona-los. Apesar de tristes, estamos em paz! Assim que possível, tentaremos mais uma vez trazer nosso filho ao mundo. Um obrigada especial às médicas que nos trataram com muito amor e carinho!", escreveu.

 

Ver essa foto no Instagram

Refleti bastante antes de tornar essa notícia pública. Resolvi dividir com vocês algo muito íntimo, mas que também é importante de ser falado. Muitas mulheres acabam passando por isso e guardando em segredo: por culpa, frustração, medo, tristeza, vários motivos. Eduardo e eu fomos hoje fazer minha segunda ultrassom transvaginal e descobrimos que minha gestação de 9 semanas não evoluiu. Tive um aborto espontâneo, o coraçãozinho do meu bebê já não bate mais aqui dentro. Divido com vocês, pois muitas famílias passam por isso e passa mil coisas pela cabeça, em especial da mãe. "Será que eu comi algo errado? Será que fiz alguma atividade física errada? Será que eu me estressei demais? Etc". Quando na verdade, estatisticamente, em torno de 20% das gestações são interrompidas até a 22ª semana. Descobri a gestação no final de setembro, havia sido nossa primeira tentativa de engravidar. Ficamos super felizes, já nos sentíamos pais desde então. Nossa família estava em festa com a novidade. Mas Deus tem seus planos e não cabe a nós questiona-los. Apesar de tristes, estamos em paz! Assim que possível, tentaremos mais uma vez trazer nosso filho ao mundo. Um obrigada especial às médicas que nos trataram com muito amor e carinho!

Uma publicação compartilhada por Heloísa Wolf Bolsonaro (@heloisa.bolsonaro) em

ACOMPANHE AS NOVIDADES MAIS QUENTES DO MUNDO DOS FAMOSOS PELO INSTAGRAM TAMBÉM. CLIQUE AQUI